ALPB realiza sessão para discutir Ano Internacional da Cooperação pela Água

21 mar 2013

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou uma sessão especial, ontem (20), para discutir o Ano Internacional de Cooperação pela Água, tema escolhido pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2013. O evento, que faz parte do cronograma de atividades da Casa para comemorar o Dia Mundial da Água, teve como objetivo alertar a sociedade para os problemas da escassez.

De autoria da Mesa Diretora da ALPB e presidida pelo deputado Edmilson Soares (PEN), a sessão teve início com uma palestra do conferencista Palmarí Lucena que debateu temas como a ausência de acesso à água potável e as doenças e mortes causadas pela falta dela.

Palmarí Lucena destacou as dificuldades dos vários municípios paraibanos que sofrem com os problemas da água. “Nós estamos em uma fase muita crítica, onde precisamos de cooperação. Necessitamos começar a racionalizar o acesso, o uso e a preservação desses recursos hídricos”.

O palestrante elogiou a iniciativa do Poder Legislativo pela Campanha ‘SOS Seca’ realizada pelos parlamentares da ALPB para encontrar soluções emergenciais para a seca. “A Assembleia se credenciou muito na questão da água devido a iniciativa do SOS Seca, que apesar de ser emergencial, mostra que a liderança da Casa conseguiu aglutinar forças diversas, que atravessaram os campos minados do partidarismo para o bem do Estado”, ressaltou.

O presidente da Frente Parlamentar da Seca na ALPB, deputado Francisco de Assis Quintans (Democratas), participou da solenidade e relatou a experiência de visitar a região atingida pela falta de água no sertão da Paraíba, onde milhares de pessoas vivem em situação precária, através da caravana da seca realizada pelos parlamentares da Casa.

Já o general Carlos Alberto Maciel Teixeira, comandante do Primeiro Grupamento de Engenharia do Estado comentou as dificuldades da sobrevivência humana sem a água e ressaltou o trabalho do exército no interior do Estado.

“Na selva a gente consegue até ficar sem comer, mas é impossível ficar um dia sequer sem água. Estamos em conversa com o Ministério da Integração para que o exército possa perfurar poços e tentar ajudar a conter os efeitos da seca. Qualquer coisa que seja para o bem do povo, nós estaremos prontos para trabalhar, pois somos do povo”, disse o general.

Os deputados Janduhy Carneiro (PEN), Branco Mendes (PEN), e Anísio Maia (PT) também participaram do evento juntamente com o vice-presidente da Associação dos Amigos da Natureza, Antônio Augusto; o chefe de gabinete da secretaria municipal do Meio Ambiente, Luciano Patrício; o delegado estadual José de Arimatéia Pereira e o capitão do Primeiro Batalhão da Polícia Militar, Antônio Souza Santos, que estavam compondo a mesa.

Mais atividades da ALPB para celebrar o Dia Mundial da Água – Na sexta-feira (22) será realizada uma sessão especial, em Campina Grande, para discutir sobre a possibilidade de colapso no abastecimento de água e ações preventivas. O evento vai acontecer no auditório da Federação das Indústrias da Paraíba (FIEP) e terá a participação das autoridades políticas de mais de 20 municípios do Estado, além dos parlamentares com representação no Congresso Nacional, a Associação de Imprensa, instituições como a UFCG e UEPB, o Ministério Público e a sociedade civil.

Comentários