Alvaro Dias muda de partido pensando em candidatura à presidência

22 maio 2017

alvaro dias

O senador Alvaro Dias confirmou à rádio CBN que vai mudar de partido. Ele sai do PV para ingressar em uma nova legenda, o “Podemos”, que ainda não saiu do papel.

Dias disse que o novo partido vai seguir um modelo que surgiu na Europa, em que as diretrizes são traçadas baseadas numa comunicação mais próxima com a população. Segundo o Senador, o “Podemos” será totalmente independente das atuais ideologias partidárias.

“Sem vínculo ideológico, sem extrema direita ou esquerda, vai ser mais transparente e usam as ferramentas tecnológicas para uma interação permanente com a população, ouvindo constantemente sobre os mais variados temas. Estamos tentando abrir os caminhos aqui [no Brasil] e abrir um partido com esse modelo”, afirmou o senador.

O novo partido, segundo o Senador, vai ser criado com a estrutura do PTN, o Partido Trabalhista Nacional. “O PTN está oferecendo seu registro definitivo para a montagem do novo partido com novo modelo. Os partidos atuais são rejeitados, principalmente os maiores. Há aqueles que advogam inclusive à extinção desses partidos em razão de o que a Operação Lava Jato revelou sobre eles, então terá uma rejeição nas eleições”.

Candidatura

Sobre uma eventual candidatura à presidência, Alvaro Dias disse que ainda é cedo para um posicionamento oficial. Mas garante que se se for convocado, vai disputar as eleições do ano que vem.

“Acho que quem se dispõe a participar de um projeto dessa natureza não tem direito a postular candidatura alguma e se for convocado não tem o direito de recusar. Dessa forma que eu coloco essa questão e vamos primeiramente superar as etapas iniciais que devem ser superadas”.

O Senador disse que atualmente são 15 partidos envolvidos na construção do Podemos. A expectativa é que o novo partido eleja pelo menos 20 deputados federais e 3 senadores nas eleições do próximo ano.

UOL

Comentários