Arte & Cultura – com o jornalista Chico Cardoso

6 jun 2013

“A cultura hoje é a peça mais importante. Não é o dinheiro, não é escravização do homem pelo homem”, diz Chico Cardoso

O jornalista Francisco Alves Cardoso, o Chico Cardoso, como é conhecido, visitou na tarde desta quarta-feira, 05, o Sistema Maior de Comunicação, para divulgar seu trabalho à frente de eventos culturais realizados no Estado da Paraíba.

Entre os trabalhos de Chico estão o Festival de Músicas Gonzagueanas (Fesmuza), além do Concurso de Poesia “Em Homenagem ao Gonzagão e seus seguidores” (Conpozagão) e o Vaqueizagão, que pretende reunir vaqueiros na abertura da VI FESMUZA – Festival de Músicas Gonzagueanas, em homenagem ao “Rei do Baião”, no dia 24 de agosto de 2013, na Comunidade São Francisco, município de São João do Rio do Peixe (PB).

O visitante aproveitou a oportunidade e convidou os sanfoneiros e artistas quixeramobienses a participarem do evento: “Vai ser um prazer contar com a presença de vocês, eu garanto que serão muito bem recebidos”, afirmou.

Chico Cardoso é amante da trajetória de Luiz Gonzaga e outras figuras da história e da cultura brasileiras, como o quixeramobiense Antonio Conselheiro. Durante sua visita a Quixeramobim, o jornalista conheceu os principais pontos turísticos da terra natal do mártir de Canudos.

Para ele, o crescimento cultural de Quixeramobim acontecerá mais ainda pela valorização da história de Conselheiro: “Eu sou apaixonado pela cultura nacional. Vocês do Ceará, de Quixeramobim, queiram ou não, Antonio Conselheiro já é grande e para vocês crescerem muito mais, tem que fazer com Conselheiro o que Juazeiro faz com Padre Cícero. Outro exemplo é Ariano Suassuana na Paraíba, um ídolo nacional. A cultura hoje é a peça mais importante. Não é o dinheiro, não é escravização do homem pelo homem, é a cultura das grandes figuras”, disse.

Por: Jornalismo – SMC
http://www.sistemamaior.com.br/

Comentários