Bento XVI

15 fev 2013

Escolher um bem é renunciar todos os outros semelhantes não escolhidos; renunciar o escolhido é um ato de maior desprendimento. O Papa Bento XVI está renunciando continuar como Papa até a morte; os que assim não o fizeram, mesmo assim tiveram suas mortes lamentadas.  Ao escutar a mensagem papal, somente Giovanna Chirri, da italiana Agência ANSA de notícias, de pronto, compreendeu Bento XVI, tomando, tal decisão unilateral, sem modéstia, “tweetou”: “O Latim de Bento XVI é muito fácil de compreender”; o Papa se dizia demissionário.

Se o Latim foi claro, tão respeitável decisão parece não ter sido tão clara a algumas poucas pessoas que, não compreendendo a magnitude desse histórico gesto de humildade e de benevolência, tentam transformá-lo em questiúnculas políticas ou proselitismos religiosos.  Lia-se, nas palavras e na placidez do Pontífice, sereno desprendimento, qualidade rara em quem ocupa função tão alta e de universal destaque. Segundo Bento, “para o bem da Igreja”, apenas desejou  entregar o cajado de pastor a guias lépidos, vigilantes e dispostos a acompanharem os passos das ovelhas da Igreja, esse imenso rebanho.

Lúcido, culto e intelectual capaz, Bento XVI sabe mais do que ninguém que o Colégio de Cardeais é um celeiro de pastores, com esses bons atributos, aptos a sucedê-lo, para que a Igreja não tarde passos a caminho de todas as religiões e do desejável encontro de todas as pessoas de fé e sem fé. Enfim, sempre repito que as religiões são línguas diferentes de o homem falar com Deus; são linguagens relativas, sendo uns idiomas mais gramaticados, alguns mais complexos, outros mais culturalmente simples, e até dialetos. Mas, acredito que Deus entende a todos, mesmo quando não se pronuncia uma só palavra; na verdade, Ele espera que nos entendamos nessa crescente Torre de Babel…

Com essa pregação, Bento XVI iniciou o seu papado e, agora, termina seu Pontificado, passando essa missão ao próximo sucessor do pescador Pedro. Quem o será? O número de candidatos eleitores varia, conforme a tradição e a população do catolicismo em cada país. Eis os maiores no Conclave: O Brasil com 5 cardeais; a Alemanha, 6;  a França, 4; a Espanha, 5; USA , 11; e a Itália, 28 cardeais. E outras nações, com números inferiores a quatro. A Igreja se diz sob inspiração do Espírito Santo… Esperemos que ajam segundo as necessidades da Igreja e das igrejas, pois o Papa é importante a todas as religiões…

Damião Ramos Cavalcanti

Comentários