Cajazeiras intensifica campanha de combate à Hanseníase

8 mar 2013

Cajazeiras é um dos municípios prioritários na campanha de combate à Hanseníase do Governo do Estado

O Governo do Estado vai participar da Campanha Nacional de Hanseníase Geohelmintíases, que faz parte do Plano Integrado de Ações Estratégicas do Ministério da Saúde. Na Paraíba, a ação vai acontecer no período de 18 a 22 de março. O secretário de Saúde de Cajazeiras, Henry Witchael, confirmou que todo apoio necessário será dado pelo município, afim que a parceria com os governos do estado e federal possam ser permanentes.

Ao todo, vinte municípios vão participar da campanha. São três municípios prioritários para hanseníase (João Pessoa, Campina Grande e Cajazeiras) e 17 para geohelmintíase. Eles foram escolhidos por critérios populacionais e de desenvolvimento humano, entre outros fatores determinados pela Portaria nº 2.556 de 28 de Outubro de 2011, que estabeleceu repasse para implantação, implementação e fortalecimento da Vigilância Epidemiológica destes agravos para o ano de 2012.

A meta é investigar os sinais e sintomas da hanseníase em 70% dos escolares (população alvo); tratar 90% das crianças e jovens com idades entre 5 e 14 anos para geohelmintíases e realizar, no mínimo, 80% do tratamento dos casos positivos, de acordo com as normas do Ministério da Saúde.

Hanseníase – É uma doença infecciosa, crônica, causada pelo Mycobacterium leprae que acomete principalmente a pele e os nervos periféricos. É preciso observar manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo e áreas da pele que não coçam; mas, que causam a sensação de formigamento e ficam dormentes, com diminuição ou ausência de dor, da sensibilidade ao calor, ao frio e ao toque.

Comentários