Cajazeiras se mobiliza no combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

16 maio 2013

Na semana em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, várias ações de alerta em torno da data estão previstas para ocorrer no município de Cajazeiras. O intuito é mobilizar a sociedade sobre a necessidade de se prevenir, responsabilizar e denunciar crimes dessa natureza.

A Prefeitura de Cajazeiras através das secretarias de Cidadania e Promoção Social, Executiva da Mulher, Politicas Publicas, Conselho Tutelar e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, vai realizar uma extensa programação nas escolas e ruas da cidade, bem como nos meios de comunicação. Assistentes Sociais, Conselheiros Tutelares, Psicólogos e outros profissionais se dividiram em grupos e concederão entrevistas às emissoras de rádio para falar sobre a importância de se garantir a preservação e o efetivo exercício dos direitos das crianças e dos adolescentes.

A programação começa nos dias 15 e 16 de Maio com palestras educativas nas escolas municipais Crispim Coêlho, Maria Guimarães Coêlho e Galdino Pires no Bairro São Francisco e José Leite na Vila Nova. De acordo com a secretaria de Politicas Publicas, Josefa Vieira, também será lançada uma cartilha de orientação aos pais, profissionais e população em geral. A programação do dia 18 será transferida para o dia 20 de Maio, quando na oportunidade será realizada uma caminhada de protesto pelas principais ruas do centro da cidade. A saída está programada para ás 07h30 da Praça das Oiticicas e encerramento na Praça da Prefeitura na Rua Juvêncio Carneiro.

Data

A ideia da campanha (18 de maio) representa um ato de protesto, de repúdio à violência, numa data que marca uma trágica história de uma criança chamada Araceli. Em maio de 1973 ela foi reconhecida pelo pai no IML da cidade de Vitória do Espírito Santo, após ter sido vítima de sequestro, estupro, além de ter sido alcoolizada, drogada, espancada e morta, tendo seu corpo descaracterizado por ácido e em seguida jogada numa das avenidas mais movimentadas da capital.

Comentários