Cássio acusa PT de esquecer a própria trajetória e defende realização de referendo no Brasil

4 jul 2013

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) fez um discurso duro contra o Partido dos Trabalhadores, que segundo ele, após chegar ao poder com a participação de seus militantes defende o financiamento público de campanha exclusivamente. “Depois de ter percorrido o caminho onde a participação do simpatizante, do militante e do filiado foi decisiva para fortalecer o partido e chegar ao poder, hoje esqueça essa trajetória e queira evitar que o cidadão, pelo menos este, possa participar do processo eleitoral”, estranhou.

Cássio ainda fez um alerta sobre a impossibilidade da aplicação de novas regras eleitorais para 2014 com a realização do plebiscito e defendeu o referendo. “Não encontro mecanismos para que se faça todo o procedimento de organização do plebiscito, para que se faça a campanha de esclarecimento e depois dos temas decididos pela soberania popular, o Congresso os transforme em lei”.

Rebeca Carvalho
Do Blog do Luís Tôrres

Comentários