Corregedoria do Detran prende servidores e usuários por corrupção

20 maio 2013

A corregedoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (20), dois servidores e dois usuários do departamento por corrupção passiva e ativa. De acordo com o corregedor do Detran, Leonardo Soares, os dois servidores, que trabalhavam no serviço público há mais de trinta anos, foram presos por corrupção passiva. Já os usuários, por corrupção ativa. “Um inquérito administrativo vai ser aberto para apurar a prática. Os crimes são inafiançáveis e a pena é de dois a 12 anos de prisão. A Corregedoria vai abrir um procedimento administrativo disciplinar contra os dois servidores, que podem ser demitidos do serviço público”, informou o corregedor.

O corregedor informou ainda que os quatro homens foram presos por pagarem e receberam propina para a liberação de veículos irregulares. “Os servidores recebiam propinas para aprovar os veículos irregulares”, afirmou Leonardo Soares.

Os servidores, que estavam sendo investigados há meses por irregularidades nas vistorias, foram encaminhados para a 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa e autuados em flagrante pelo delegado Nélio Carneiro. Em seguida, foram levados para a Central de Polícia. Os dois usuários responderão criminalmente por corrupção ativa.

O corregedor do Detran orienta que qualquer prática ilegal por parte dos servidores do departamento pode ser denunciada a Corregedoria ou Ouvidoria do Detran-PB.

Leonardo Soares, Corregedor do DETRAN

Delegado Nélio Carneiro,

 

Fotos: Roberto Guedes

Comentários