Deputada defende que Romero e Ruy Carneiro conversem para aparar as arestas

2 ago 2017

A vontade do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB), do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD), de disputar o governo do Estado em 2018, não deve prejudicar a unidade das oposições. Pelo menos é que o sonha a  deputada estadual Camila Toscano (PSDB). A deputada esteve em Campina Grande no último final de semana, e defendeu que o presidente do partido Ruy Carneiro converse com Romero para estancar um eventual conflito que surtiu no bloco oposicionista.

Ao comentar sobre as rusgas entre Romero Rodrigues, e o presidente do partido, Ruy Carneiro, ela disse que há desencontro de informações e impressões que não são a realidade dos fatos.

– Há um desencontro de informações e impressões que não são a realidade dos fatos. Tem que haver um encontro entre os dois para colocar as questões na mesa e saber o que de fato é. Porque o prefeito alega uma questão que Ruy contesta. É importante que faça isso, principalmente pelo partido e tenho certeza que o que os dois querem é o fortalecimento do PSDB – disse.

Em entrevista a Rádio Campina FM, Camila Toscano também falou sobre a possibilidade de PSDB e PMDB de Guarabira, de onde é natural, se unirem nas eleições do próximo ano para a disputa estadual.

– Somos grupo e ano que vem é eleição estadual e temos que pensar pelo bem da Paraíba, pois a forma como o Estado vem sendo governado não pode continuar. O governo que aí está tem que ser retirado porque vejo uma gestão sem humanidade. Nossa ideia é que tenhamos a união das oposições e com isso possamos fazer o governo em 2018 – disse. Para ela, a divergência entre os dois partidos, naquela cidade, deve ficar para 2020, época das eleições municipais.

PB Agora

Comentários