Deputados de oposição obstruíram a votação e vetos do governador serão votados na próxima quarta

24 jul 2013

Em dia de confusão na Assembleia, deputados de oposição obstruíram a votação e vetos do governador serão votados na próxima quarta

Confusão marca fim de sessão na Assembleia. O deputado estadual Frei Anastácio usou a tribuna para chamar a ALPB de ‘Casa da mãe Joana’ criticando a demora da entrega da ordem do dia aos parlamentares. Ele propôs o encerramento da sessão alegando que não sabiam o que seria votado hoje.

Depois disso, o peemedebista Trócolli Júnior se exaltou e acusou a bancada de situação de ser cabisbaixa e levar gritos do governador. Ele continuou dizendo que os parlamentares votam de uma forma no âmbito das comissões, mas mudam de ideia no voto em plenário, por determinação do gestor estadual. Nesse momento, teve início um bate-boca entre Trócolli e o deputado João Henrique que disse não aceitar as acusações e considerou as queixas um desrespeito ao parlamento.

O deputado Edmilson Soares, que presidia a sessão, adiou a votação de vinte vetos do governador Ricardo Coutinho que estavam na pauta de hoje para a próxima quarta. Ele disse que a oposição obstruiu a votação ao sair do plenário e finalizou dizendo que “a Assembleia é uma casa de grande discussão e nós não temos dificuldade de administrar tudo isso”. Sobre o atraso na liberação da ordem do dia, Edmilson disse que as lideranças não chegaram a um acordo cedo e isso retardou a ordem do dia.

Por Ívyna Souto com Rebeca Carvalho
Do Blog do Luíz Tôrres

Comentários