Dívida? Em 2018 Romero Rodrigues diz que espera apoio de Rômulo e do PSD para o PSDB

22 mar 2017

20170322075924

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), voltou a colocar seu nome à disposição para a disputa ao Governo da Paraíba nas Eleições de 2018 e dessa vez disse que espera o apoio do PSD à sua candidatura. Ele afirmou que vem ouvindo da população um anseio por seu nome, o que o colocaria como pré-candidato sem formalização.

“Há uma ansiedade de ter um governador amigo que eles possam se aproximar, então isso acontece naturalmente sem necessidade de formalidade”, falou.

De acordo com ele, a conversa com o partido ainda não aconteceu, mas ele salientou que aguarda posicionamento quanto à possibilidade de Cássio Cunha Lima ser candidato.

“Se Cássio não se colocar nessa condição, eu estou à disposição. Nós queremos, se assim acontecer, replicar o modelo de administração feito em Campina Grande para o estado inteiro, sem excluir qualquer município, de João Pessoa, que é uma cidade que acolhe a maior parte dos paraibanos, a Cajazeiras, mas sem esquecer municípios estratégicos como Campina Grande. Isonomia, porque o que está acontecendo hoje é olhar os paraibanos de forma desigual e tratar os desiguais de forma igual”, comentou.

Romero disse que vem tendo conversas diárias com o presidente estadual do PSD, deputado federal Rômulo Gouveia, sobre o assunto.

“Ele sabe que isso é algo que pode acontecer. Não tenho como esconder uma coisa que pode acontecer porque as pessoas me estimulam a ser candidato”, acrescentou.

Para o prefeito de Campina Grande, o apoio dado em outras eleições a Rômulo Gouveia o coloca como devedor do apoio. Ele não quis dizer a opinião do deputado, mas afirmou que espera esta adesão.

“Eu votei com Rômulo para estadual, para federal, para vice-governador, para presidente da Assembleia (Legislativa) e quem vota abre precedente para ser votado”, concluiu.

PB Agora

Comentários