Eduardo Campos e Ciro Gomes selam armistício

1 jun 2013

Eduardo Campos, governador de Pernambuco

Forçados pela conjuntura a coabitar o PSB pelo menos até 5 de outubro, o presidenciável Eduardo Campos e seu adversário doméstico Ciro Gomes jantaram juntos.

Deu-se há seis dias, na cidade de Recife. Em meio a facas, carnes sangrentas e guardanapos brancos, a dupla celebrou um armistício.

O anfitrião repisou o desejo de disputar o Planalto. O visitante reiterou que prefere manter o apoio à reeleição de Dilma Rousseff.

Porém, Ciro teria deixado entreaberta uma nesga de porta para eventual reconsideração futura.

Diz-se que Ciro discutiu suas divergências com Eduardo cordialmente. Ou seja: estava completamente for a de si.

Ciro Gomes

Do Blog do Josias de Souza

Comentários