Em entrevista deputado afirma que dois senadores querem disputar o governo da PB

3 fev 2017

chico e falcao

Um dos grandes especialistas em política partidária, sobretudo a paraibana, Chico Cardoso estreou na TV Diário do Sertão o tradicional programa Caldeirão Político, que por muitos anos foi transmitido somente pelas emissoras de rádio. E nesse primeiro programa, o entrevistado foi o deputado estadual Inácio Falcão.

Falcão é do PT do B e tem sua base de eleitores na região de Sousa. Como parlamentar da Assembleia Legislativa na capital, ele está por dentro de algumas articulações políticas que já estão sendo feitas pelas principais lideranças do Estado.

Uma dessas articulações, segundo o deputado, pretende lançar o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) como candidato a governador. Falcão revela que na capital e em Campina Grande os rumores e indícios são fortes. Ele relata que um dos assessores de Cássio chegou a confirmar, em uma emissora de rádio de um município da região de Campina, que o senador já está em plena ‘campanha’.

Ricardo e Maranhão

Durante a entrevista, Inácio Falcão foi desafiado a dar notas para alguns políticos e partidos. O primeiro a ser avaliado foi o governador Ricardo Coutinho (PSB), e o deputado não economizou elogios. Disse que o líder do Executivo Estadual é o maior político da Paraíba na atualidade. “Ricardo tem mostrado ao povo da Paraíba a sua dedicação com os recursos públicos que são destinados ao Estado”, frisou o parlamentar.

Já sobre o senador José Maranhão (PMDB), Inácio Falcão teceu elogios e fez uma revelação. Primeiro disse que Maranhão é um político extraordinário e que tem cobrado dele empenho para a conclusão das obras da transposição do Rio São Francisco.

“Você votou no seu deputado, no seu senador, tem que cobrar. Eu votei em Zé Maranhão para senador e estou cobrando muito com relação a essa transposição”, destacou.

Depois, afirmou que o senador pretende ser candidato a governador, mas não acredita que a candidatura vai acontecer devido à sua idade. “Ele está querendo ser candidato a governador, mas eu não acredito que ele vá para uma aventura tamanha porque nós sabemos que ele já tem uma certa idade um pouco avançada. Ele tem aquele calibre bem forte, mas nós somos seres humanos, não somos máquinas”, declarou.

Assista o vídeo da entrevista clicando aqui.

DIÁRIO DO SERTÃO

Comentários