Entrelaçando as culturas na trilha da cidadania – Introdução

6 jun 2013

“ENTRELAÇANDO AS CULTURAS NA TRILHA DA CIDADANIA” – INTRODUÇÃO
Marinalva Freire da Silva

A presente coletânea “ENTRELAÇANDO AS CULTURAS NA TRILHA DA CIDADANIA” enquadra-se no rol das obras que abordam temas transdisciplinares, visando à cidadania, pois, segundo Sandro Marcio Drumond Alves, na apresentação, refere:

Esta obra congrega aspectos culturais que perpassam os mais variados campos dos estudos científico-humanísticos. Apesar da concretização do mosaico do conhecimento apresentado, devemos sempre observar atentamente que toda heterogeneidade abarca uma homogeneidade, por vezes implícita, desafiando a mente e o comportamento humano a fim de ser desbravada, descoberta, entendida. É exatamente esse desafio que foi aceito pelos  autores dos textos que ora se apresentam nessa publicação.

Refletindo a respeito dos artigos construídos sob uma pluralidade conteudística, entrelaçada nos variados enfoques culturais, temos:

1-      Desenvolvimento curricular, de Durval Ferreira Vieira, que trata de um estudo reflexivo sobre o proceso ensino-aprendizagem, pois as relações sociais e pedagógicas devem ser compreendidas no cotidiano escolar como produção mediada por este contexto; as diferenças socioculturais determinam diferentes necessidades de aprendizagem, mas existe aquilo que deve ser garantido pelo Estado e que é comum a todos os alunos de qualquer lugar do Brasil – o direito de aprender;

2-      Um olhar de cidadania sobre os preconceitos contra homossexuais, a partir da leitura do romance Rato, de Luís Capucho, cuja autora é Gilda Carneiro Neves Ribeiro, que tem como objetivos tecer algumas considerações sobre o romance Rato e detectar quais os fatores que contribuem para agravar os problemas de preconceito e rejeição contra os homossexuais;

3-      El esplendor de la civilización maya en mesoamérica, de Gleba Coelli Luna da Silveira, tem por objetivo estudar a civilização maya-quiché,  considerada a mais antiga e superior à civilização dos aztecas;

4-      Humanização na Saúde, de Israel dos Santos Silva, percebendo a urgência da humanização nas relações nos serviços de saúdee a necessidade de resgatar as peculiaridades de cada profissional que presta assistência à saúde, o objetivo deste estudo é abordar a humanização na saúde, por meio de pesquisa bibliográfica e análise documental.

5-      Cultura, poder e currículo: da objetividade à igualdade, de Jeane Carneiro da Costa, tem por objeto de estudo o Curso de Pedagogia e suas ações desenvolvidas junto aos alunos, enquanto sujeitos ativos, com base em idéias, desenvolvidas a partir do arcabouço teórico vinculado ao processo de formação e profissionalização do professor. Trata-se, pois, de ligar o saber social ao contexto em estudo, afirmar sua relação com a representação da cultura e do poder no âmbito do currículo, tornando-se consciente da capacidade do sujeito e do conhecimento como condição essencialmente humana;

6-      A importância do Conselho Nacional de Justiça para o Judiciário Brasileiro, de João Ramalho Alves da Silva, estudo que diz respeito aos diversos aspectos positivos da criação do CNJ- Conselho Nacional de Justiça para o Judiciário Brasileiro.   A relevância da discussão proposta reside no fato de que a despeito de todas as discussões  sobre o controle do Poder Judiciário, concretos ou abstratos, os juristas e a sociedade  brasileira têm envidado consideráveis esforços com relação à elucidação de questões intrinsecamente ligadas à temática do Poder Judiciário;

7-      Na trilha dos escritos de Miguel Hernández , de José Alberto Miranda Poza, cujo objetivo é tratar da existência de uma poesia do exílio, imediatamente depois do final da injusta guerra, que engloba um numeroso elenco de poetas que saíram para o desterro, em especial, Miguel Hernández, um poeta excepcionalmente dotado que sabe conjugar – como um García Lorca – a força da inspiração com a arte mais rigorosa, a improvisação popular com as técnicas mais sábias;

8-      Tropeiros da Borborema: tradução precisa da aventura Almocreve pelas veredas da Terra do Sol, de José Romero Araújo Cardoso, tem por finalidade analisar a importância dos tropeiros para a história social e econômica da antiga Vila Nova da rainha, no século XIX, tão impressionante que não há como dissociar a dinâmica cidade com a presença dos antigos agentes econômicos que vinham do brejo, do agreste, do curimataú, do sertão etc.;

9-      O complexo de Édipo e suas variações em Solo feminino, de Livia Garcia Roza, de autoria das irmãs Katiana Barbosa de Arruda e Karliana Barbosa de Arruda. Após reflexão de ambas sobre a relação entre Literatura e Psicanálise, estabeleceram como objetivo analisar a autora e a obra Solo Feminino, indicada ao Prêmio Jabuti, cuja escolha não foi aleatória, pois  Garcia-Roza é psicanalista, com pós-graduação em Psicologia Clínica, faz parte de uma nova geração de escritores, por que não dizer de escritoras. Dentre as inúmeras antologias que participou uma delas, 25 mulheres que estão fazendo a literatura brasileira, ajuda a entender a importância da romancista para a Literatura;

10-  Conscientização e diálogo: princípios freireanos, de Maria Célia de Assis, tem por objetivo estudar a proposta de Paulo Freire por se tratar de uma educação problematizadora, dialógica, oposta à concepção bancária, por isso, não trata o educando como depósitos de informações ao contrário, busca promover caminhos para que ele seja sujeito capaz de construir a sua autonomia, dessa forma, a contradição educador-educando, em que o educador é sujeito e o educando objeto passivo é superada;

11-  Mudanças, acomodação, conveniência e nossa postura no mundo diante disso, de Marina Isis Freire da Silva, cujo objetivo é conscientizar as pessoas para o exercício da ética cristã;

12-  Em busca do Eu Centenário, de Marinalva Freire da Silva, cujo objetivo é homenagear o Poeta maior no centenário de sua única obra;

13-  Bartolomeu Campos de Queirós: e o Verbo se fez Poesia, de Neide Medeiros Santos, cujo objetivo é apresentar uma análise das obras de Bartolomeu Campos de Queiroz, que escreveu muitas obras no campo da literatura infanto-juvenil;

14-  O discurso do silêncio no filme  A má educação, de Pedro Almodóvar, de Rafael Francisco Braz e Marinalva Freire da Silva, cujo objetivo é analisar o abuso sexual infantil no filme Má Educação, do diretor Pedro Almadóvar, exemplificando uma relação de abuso de poder entre um adulto abusador e uma criança vitimizada;

15-  Educação em Direitos Humanos: uma vivência na GRE Recife Norte, de Suely Dantas de Oliveira Moura, Tania Maria Nascimento e Gisely Dantas Pessoa, cujo objetivo é fazer uma análise do desenvolvimento de um projeto na GRE Recife Norte que teve início em algumas escolas da rede estadual de Pernambuco, precisamente em algumas escolas jurisdicionada à Gerência Regional de Educação-GRE Recife Norte, o Projeto Conviver com o ECA na Escola, bem como enriquecer a discussão acerca das dificuldades e conflitos que, geralmente, ocorrem entre os que fazem a comunidade escolar local, assim como trabalhar a diferença entre o ato indisciplinar e o ato infracional e conflitos; e

Dessa forma, espera-se que esta obra seja lida principalmente tanto pelos jovens como pelos adultos não como leitura de deleite, mas  como ponto de reflexão sobre o existir.

Marinalva Freire da Silva:

Licenciada em Letras Clássicas e Vernáculas (1973) e em Pedagogia (1979) – Universidade Federal da Paraíba-1973. Mestre em Letras – PUC – Curitiba-PR (1982). Doutorado em Filologia Românica (1990/1991)-Universidade Complutense de Madrid (Espanha). Pós-graduação em Pedagogia Religiosa: Teologia. Arquidiocese da Paraíba/ Institutos Paraibanos de Educação/ Universidade Federal da Paraíba- João Pessoa (1997) . Professora de Língua Portuguesa – Universidade Federal da Paraíba-João Pessoa (1974/1994). Professora Colaboradora Honorífica da Faculdade de Filologia Românica da -Universidade Complutense de Madrid (1987/1988- 1990/1991). Consultora da Universidade Estadual da Paraíba-Campus III – Guarabira- PB (1994-1996). Professora Visitante da Universidade Estadual da Paraíba -Campus I – Campina Grande (1997-1999) e Professora Titular (a partir de 1999). Professora Convidada da Faculdade de Formação de Professores de Goiana –PE (a partir de julho/2011). Delegada de Direito da Pessoa Humana. Tradutora de Espanhol. Membro da Associação de Professores de Espanhol da Paraíba (Presidente de 1992/2002) e de São Paulo; International Writers and Artists-IWA,/OHIO,USA; da Academia de Estudos Literários e Linguísticos de Anápolis/GO; da União Brasileira de Escritores da Paraíba-UBE/PB; da Academia Feminina de Letras e Artes da Paraíba-AFLAP/PB e do Instituto Paraibano de Genealogia e Heráldica. Obras publicadas: Ditames do Coração (1989); Genealogia de Daura Santiago Rangel (1991); Genealogia de José Freire de Lima (Parceria com Expedito Freire de Lima; 1992); Perspectivas Poéticas (1992); Plural dos nomes em -ão na língua portuguesa: uma abordagem filológica (1993); Daura Santiago Rangel: Perfil de uma Educadora(1993); Español Instrumental (lª a 9ª ed. ,1996-2006; Reflexiones(1997); Homenagens em Poesia (1998; 2ª ed. 2013); Recordar conforta a alma (1998); Augusto dos Anjos: Vida e poesia (1998; obra traduzida, 2001); Edición Crítica del Regimento Proueytoso contra ha Pestenença (Publicación en CD,1991); edição impressa, 2008); Daura Santiago Rangel: una Educadora (Traduzida, 2000);YO (Eu de Augusto dos Anjos (Tradução em parceria, 2000; 2ªed. 2010); Español a través de textos I (2002); Coletânea poética (2002); Dicionário Erótico Brasileiro (2004); Español a través de textos II (2005); Daura Santiago Rangel: Reconstrução de uma época (2006); Estudos Filológicos. Literatura. Cultura (2007); Español a través de ejercicios (2007); Semântica Toponímica dos Municípios Paraibanos (Parceria, 2007); Edição Crítica do Regimento Proueytoso contra ha Pestenença (edição em língua portuguesa, 2008); O Despertar da Cultura (Org.; 2008); Na trilha da transdisciplinaridade…(Org., 2010). O Universo Poético de Luiz Fernandes da Silva (Org. em parceria, 2010); A Interculturalidade em ação…(Org, 2010); Presencia de los arabismos en las lenguas castellana y portuguesa… (2011); Trabajando el texto en Lengua Española (Org., 2011); Español en la enseñanza básica (2011); Em busca das identidades linguísticas e culturais (Org., 2012); Um olhar sobre a Pedagogia Moderna (Org., 2012); Entrelaçando as culturas na trilha da cidadania (Org., 2013); Literatura & Linguagens (Org., 2013); Adauto Ramos. O baluarte da Genealogia e Heráldica da Paraíba (2013); Reminiscências literárias (2013); Amelinha Theorga Ayres, a Paisagista do Mar (2013). <marinalvaprof@gmail.com> .

Comentários