Francisco Voltou!

14 mar 2013

Francisco Voltou

Escreveu: Francisco Alves Cardoso – 14/03/2013

O novo chefe da Igreja Católica, Cardeal Jorge Mario Bergoglio, inicia o seu pontificado com a credibilidade mundial, fator importantíssimo para qualquer comandante, não só da Igreja, mas também de um Estado livre e independente.

No momento da sua aparição no alto da Igreja Romana, espalhou humildade, pediu orações para si e quebrou os tradicionais protocolos próprios das cerimônias destinadas aos governantes que iniciam os mandatos com pompas e festejos naturais.

O argentino esbanjou sapiência, quando escolheu o nome de Francisco I, certamente homenageando o santo mais popular da Igreja Católica. Ele conhece muito bem a humildade de Francisco, desde os momentos da juventude quando resolveu abandonar a riqueza dos pais para seguir os caminhos de Jesus.

O mundo acredita que ele vai romper com esse sistema arcaico que domina a Igreja de Roma, fazendo com que o catolicismo expurgue dos seus quadros alguns erros pecaminosos e ultrapassados, para reencontrar a credibilidade que foi sempre a força maior da nossa Igreja.

O Papa Francisco I vai banir os escândalos que têm abalado o nome da maior Instituição religiosa do mundo. O Vaticano tem que ser duro com esses males, punindo os desobedientes e expulsando os que se escondem por trás da Igreja para fazer do pecado um momento de felicidade.

A simplicidade dos jesuítas vai imprimir novos ritmos de alegria no catolicismo. Tem que mandar embora definitivamente a arrogância de alguns religiosos, que entendem ser a Igreja o manto de cobertura de seus males e de suas agonias internas, que tanto têm prejudicado essa gloriosa Instituição.

Os cardeais eleitores sentiram, no momento de votar, que a hora era chegada para a escolha de um homem livre, forte, comprometido com a doutrina do Cristo, para que o respeito ao mundo voltasse à Igreja Romana, e esse nome estava estampado na figura de Jorge Mario Bergoglio.

Sentimos no rosto e na fisionomia de cada católico, que novos tempos estão chegando. Que o caminho, a verdade e a vida espalhados no mundo pelo Cristo, estão retornando na voz, no comando e na sabedoria do novo Papa.

Francisco está de volta, em corpo e alma. O rebanho de Pedro canta glórias. A sabedoria de Paulo está espalhada no nosso meio. Eu acredito. Os católicos vibram com Francisco I. O Francisco que voltou. E Jesus está perto.

Comentários