Governo do Estado orienta produção de manga orgânica em Piancó

26 jun 2013

A Emater Paraíba está orientando agricultores familiares do município de Piancó a produzir manga orgânica usando irrigação por aspersão, com resultado econômico satisfatório. A produção está sendo comercializada para países da Europa. No Sítio Caiçara, o agricultor Manoel Zacarias de Lima Neto mantém 600 pés de manga em quatro hectares e já realizou a primeira colheita. A comercialização é feita por meio da empresa rural Fazenda Tamanduá, localizada no município de Santa Terezinha, no Sertão paraibano.

O projeto, que começou há quatro anos, fica localizado às margens do Açude Coremas e já colheu 10 mil quilos de frutos na safra passada. A ideia é aumentar em pelo menos 50% a atual produção.

Além de manga denominada Toni, no sítio são produzidos coco, banana, laranja, caju, pinha, goiaba e romã. “Toda a produção é orgânica, daí a boa aceitação no mercado”, comentou o extensionista Antônio Ferreira, chefe da Unidade Operadora de Piancó, que acompanha o projeto desde os primeiros momentos.

Afora a produção de manga direcionada à venda externa, o agricultor também comercializa seus produtos nas feiras livres de cidades do Vale do Piancó. As primeiras mudas da manga da espécie Toni são provenientes do Ceará, mas já estão sendo produzidas na Fazenda Tamanduá, com a qual foi feita uma parceria.

O técnico Antônio Ferreira informou que há quatro anos o proprietário procurou os extensionistas para elaborar um projeto para plantio de manga em uma área de quatro hectares, que foi financiado pelo BNB. “A produção de manga está muito boa e foi incorporada a outros produtores que estão comercializando o produto para a Europa”.

[portfolio_slideshow]

Comentários