Governo Federal vai parcelar dívidas de municípios

16 maio 2017

“O cidadão não mora na União, nem no Estado. Ele mora no município e, por isso, ele tem que ser prestigiado”, ressaltou o presidente da República, Michel Temer, nesta terça-feira (16), na cerimônia de abertura da XX Marcha a Brasília em defesa dos Municípios.

Na oportunidade, em benefício dos municípios, Temer assinou medida provisória que permite o parcelamento, em 200 meses, das dívidas das prefeituras com o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). “Para que a União seja forte é preciso que os municípios estejam fortalecidos”, defendeu o presidente ao falar sobre a nova MP. Nela, foram reduzidos os juros da dívida em 80% e das multas em 25%.

O presidente reforçou, ainda, a atual integração do Executivo com o Legislativo e mencionou a aprovação de matérias de destaque no Congresso Nacional em vista dessa parceria, “o que merece aplauso”, afirmou. “Hoje, o Legislativo é parceiro do governo e governa com o Executivo”, disse.

Por fim, Temer pontuou que, “foram momentos complicados para prefeitos e prefeitas, mas é agradável chegar aqui com as notícias de que tínhamos quase 10% de inflação e, hoje, estamos a menos de 4%”, enfatizou. O presidente lembrou também dos juros da taxa do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), que continuam em queda no País.

MaisPB com Governo Federal 

Comentários