Grupo de teatro de Fortaleza ministra oficina gratuita em Mossoró neste final de semana

19 jul 2013

O Grupo de Pesquisa em Comicidade e Riso (CRISE), de Fortaleza (Ceará) chega a Mossoró neste final de semana para realizar a oficina “Jogos para cenas cômicas”, nos dias 19, 20 e 21 (sexta, sábado e domingo), com 20h de duração. A oficina é voltada para quem já trabalha com teatro, e se constitui num desdobramento da pesquisa de doutorado do Professor Fernando Lira, integrante do grupo, e que além da oficina distribuirá o livro “Jogos para cenas cômicas”. A oficina é gratuita e acontecerá na sede d’ O Pessoal do Tarará, no Abolição III.

A oficina é intitulada “Jogos para cenas cômicas” e é o mesmo título do livro com a tese de doutorado do professor, que será distribuído com os participantes e grupos de Mossoró. Será um mergulho, uma imersão pelo universo cômico, resultado de uma pesquisa de Doutorado do Professor Fernando Lira, coordenador do Grupo de Pesquisa em Comicidade e Riso (CRISE). São apenas 15 vagas e todas serão preenchidas com representantes dos grupos mossoroenses. Será entregue a cada participante da oficina, que participar dela completa, declaração, certificado e um exemplar do livro.

SOBRE O LIVRO – Durante o ano de 2010, foram apresentados os resultados da pesquisa do Doutorado do Prof. Fernando Lira, juntamente com o Grupo de Pesquisa CRISE (comicidade, Riso e Experimentos). através de palestra, apresentação de espetáculo e lançamento de livros, em mais de 16 cidades nordestinas, com o patrocínio do programa BNB de Cultura de 2010 e da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará. Em cada cidade, eram recorrentes as solicitações de oficinas de teatro voltadas à comicidade.

Assim, O GRUPO CRISE, desenvolveu uma oficina JOGOS PARA CENAS CÔMICAS, que derivou no livro que se divide em quatro capítulos, totalizando quarenta jogos. Trata-se do desdobramento da tese de doutorado do Prof. Dr. Fernando Lira, O Ator Risível. No primeiro capítulo, são apresentados aspectos para a construção de personagens cômicos. No segundo, são apontados um conjunto de mecanismos para o desenvolvimento de situações. No terceiro, trata da fala, palavra e voz cômica. No quarto e último, do texto ao palco, sugerimos alguns jogos que possibilitem identificar e extrair a comicidade de um texto para ser posto em cena. As personagens, as situações e as palavras, muitas vezes, estão de tal forma, amalgamadas entre si, que se torna difícil ressaltar qual desses elementos motivou o riso. No entanto, por questões metodológicas, explicitamos neste livro, jogos teatrais contendo separadamente cada elemento de composição da cena cômica, que foram criados no CRISE, inspirados na perspectiva Bergsoniana. Assim, com o patrocínio do BNB e BNDES, no Progrma BNB de Cultura de 2013, foi possível a publicação deste livro que, além de conter jogos com mecanismos da comicidade , propõe também uma discussão reflexiva sobre teatro, comédia e suas possibilidades de pesquisa e atuação.

FERNANDO LIRA – Fernando Lira Ximenes vem atuando no cenário cearense como autor, ator e, algumas vezes, diretor de teatro. Versátil, tanto escreve para o teatro adulto, como para o infantil, com muitas de suas peças frequentemente encenadas para ambos os públicos. Doutor em Artes Cênicas pela UFBA (2008), Professor do Curso em Licenciatura em Teatro do IFCE, Coordenador do Grupo Pesquisa CRISE (Comicidade, Riso e Experimentos), dirigiu os espetáculos E Pensar que tudo isto é oco! ! (2005), Terra Grávida ( 2006), Para Não Falar de Teatro (2008), Pagador de Promessas (2010), Qual é o Final? (2012) .

O GRUPO CRISE – O Grupo de Pesquisa em Comicidade e Riso iniciou seus estudos em janeiro de 2004. Após várias mudanças, o então coordenador do Grupo, Fernando Lira, Doutor em Artes Cênicas pela UFBA (Universidade Federal da Bahia), com a Tese “O Ator Risível: procedimentos para cenas cômicas”, propôs uma Oficina para a junção progressiva de pesquisadores curiosos em buscar novos repertórios para a construção de formas risíveis, através de uma possível técnica para a formação do ator cômico.

Comentários