Impasse na Paraíba ameaça implodir fusão nacional entre PPS e PMN

14 maio 2013

EXCLUSIVO – Considerada responsável pelo estopim da Revolução de 30 no Brasil, a Paraíba, apesar de pequenina, é dada a movimentos que interferem no cenário nacional. Dessa vez, no lugar de desencadear uma revolução, a Paraíba poderá ser responsável por sufocar um novo partido. Isso mesmo.

Parece incrível, mas a fusão nacional entre o PPS e o PMN está ameaçada por causa do impasse criado na Paraíba sobre com quem ficará o comando da Mobilização Democrática no Estado. Na maioria dos estados, há consenso em pacificação, restando apenas a Paraíba no impasse.

Com apoio irrestrito da presidente nacional do PMN, Telma Ribeiro, a jornalista Lídia Moura se auto proclama presidente da MD na Paraíba. Porém não possui o reconhecimento das lideranças do PPS paraibano. O problema é que Telma Ribeiro não abre mão de Lídia. E Roberto Freire, ex-PPS, presidente nacional da MD, além de ter outros pedidos, analisa que a legenda na Paraíba tem que ser comandada por quem tem mandato. Ou ao menos aceitação dos dirigentes da duas legendas. Lídia não tem nenhuma nem outra coisa.

Interlocutores dos dois grupos já revelaram que receberam sinais de que a fusão deve “dar pra trás”. Aguardemos as manchetes nacionais sobre o tema. E lembrem do blog quando elas saírem.

Luís Tôrres

Comentários