Incra/PB implanta Sistema de Informação, Gestão e Monitoramento de Assentamento

19 jul 2013

A Superintendência do Incra na Paraíba está concluindo a implantação do seu o Sistema de Informação, Gestão e Monitoramento de Assentamento (Sigma).

A meta é colocá-lo em funcionamento pleno, a partir de outubro próximo. Para alimentar esse sistema, as equipes que prestam Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (Ates) estão realizando oficinasPB Reunião implantação do Sigma com dados dos assentamentos – 10-07-13 sobre a utilização da ferramenta, que se transformará em um importante banco de dados sobre os 296 Projetos de Assentamentos paraibanos.

O Sigma irá reunir informações sociais, econômicas e ambientais dos assentamentos, oferecendo ao Incra dados sobre o que os assentados produzem, a capacidade de produção de cada área, os canais de comercialização dos produtos, a renda familiar e as organizações produtivas.

Além disso, o Sigma terá um banco de dados com o perfil das famílias assentadas, incluindo informações como faixa etária, número de pessoas por família, escolaridade, estado civil, existência ou não de assistência de saúde através do Programa Saúde da Família (PSF), de escola nas localidades e o número de alunos matriculados, dentre outras.

Segundo Enéas Luciano Queiroz, coordenador substituto do setor de Ates do Incra/PB, o Sigma também reunirá informações ambientais sobre cada projeto de assentamento.

“Vamos saber como se encontra cada assentamento em relação ao Plano de Desenvolvimento (PDA) e ao Plano de Recuperação (PRA), se há degradação e que iniciativas ambientais que estão sendo desenvolvidas por meio da assistência técnica”, disse Luciano.

O Sigma foi implantado por meio de contrato do Incra com o Instituto de Assessoria à Cidadania e ao Desenvolvimento Local Sustentável (IDS), que atua como articulador nas áreas de assentamentos e equipes técnicas desde 2012.

Para o superintendente regional do Incra/PB, Cleofas Caju, “o Sigma funcionará como um importante instrumento de planejamento para implantação de políticas públicas. Além disso, com as informações do sistema, poderemos atrair mais parceiros para as diversas áreas de atuação da reforma agrária. Na realidade, nós teremos uma radiografia do que é a reforma agrária na Paraíba com a implantação do Sigma”, afirmou Caju.

Fonte: www.incra.gov.br

Comentários