Intenção de Lira e Cássio de renovar mandato no Senado põe Cartaxo e Romero em “guerra fria”

8 abr 2017

diretas

As opções das oposições para encabeçar a disputa pelo Governo da Paraíba nas eleições de 2018 começam a enxugar e devem colocar PSDB e PSD em uma “guerra fria” pelos próximos meses.

Tudo porque, ao que tudo leva a crer, nem o senador Cássio (PSDB) nem o senador Maranhão (PMDB) nem o senador Raimundo Lira (PMDB) mostram o desejo de encabeçar a chapa majoritária. Pelo menos foi isso que voltou a garantir o vice prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB).

Conforme Manoel, Cássio, assim como Lira, já teria acenado para a intenção de renovar o mandato no Senado Federal. Já o senador José Maranhão confidenciara que pretende dar continuidade ao mandato de senador, que vai até 2022.

“Cássio já disse que a tendência dele é renovar o mandato. José Maranhão, que foi instado como opção para 2018, disse que pra ele já três vezes como governador já tinha sido uma experiência muito boa e que a tendência dele era fazer com que o mandato dele possa ser completado como senador, e não tinha interesse na disputa. Lira também”, disse.

A declaração acaba diminuindo as opções das oposições para a próxima disputa e coloca Romero e Cartaxo em disputa direta para encabeçar a chapa majoritária.

Júnior não levantou a bandeira de nenhum nome, mas citou o prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD) e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) como nomes que estão postos dentro do grupo.

“O prefeito Cartaxo está posto e Romero também. Temos nomes na oposição que somará esforços para a vitória das oposições. Nesse aspecto todas as vaidades serão despojadas para que vitória das oposições e principalmente da Paraíba seja a vitoria do povo”, disse.

Para Júnior, os egos de pessoas que gravitam em torno da chapa majoritária não vão atrapalhar a aliança.

“A política, esse ano, está em segundo plano. Só iremos nos preocupar definitivamente com as alianças no próximo ano”, arrematou.

Enquanto isso Romero e Cartaxo trocam provocações subliminares, citando obras, avanços de suas gestões, com um convidando o outro para conhecer de perto o “sucesso” particular de sua administrações, além de estarem se aproximando de prefeitos do interior.

No início do mês Luciano Cartaxo (PSD), reuniu prefeitos do interior para dar uma mostra de força. O gestor almoçou com chefes do Executivo das cidades de Pedra Lavrada, Picuí, Pedro Régis, Montadas, Tacima, Jacaraú e Riachão.

Já nesta sexta-feira foi a vez do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) mostrar que está no páreo. Ele recebeu os prefeitos de Monteiro e Guarabira. A dupla fez questão de engrossar o coro em prol do nome do prefeito de Campina para disputar o Governo em 2018.

Na última semana, por exemplo, Romero esteve em João Pessoa em uma visita de cortesia ao presidente da Câmara de João Pessoa, Marcos Vinícius. No mesmo dia Cartaxo fazia vistoria em obras e disse que a presença do prefeito na Capital era boa para ele conhecer as obras realizadas pela gestão municipal.

Márcia Dias
PB Agora

Comentários