Justiça eleitoral nega pedido de Veneziano para retirada de vídeo de Ronaldo Cunha Lima

28 set 2018

A defesa de Veneziano informou que vai acrescentar a informação que estava ausente na petição inicial (Foto: Walla Santos)

O candidato ao Senado, Veneziano Vital do Rêgo, acionou a Justiça Eleitoral para pedir através de liminar que o ex-vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima retirasse um vídeo de suas redes sociais. No entanto, em decisão publicada nesta quinta-feira (27), o juiz Oswaldo Trigueiro do Valle Filho negou o pedido e extinguiu o processo sem resolução do mérito.

Em sua decisão, o juiz entendeu que a petição inicial trazia apenas os links do perfil de Ronaldo Cunha Lima, sem especificar as postagens que feriram o candidato Veneziano. “Assim, por ausência de URL’S da postagem impugnada, carece a petição inicial de elementos essenciais e indispensáveis à sua instrução, razão pela qual deve ser indeferida”, destacou o magistrado.

A defesa de Veneziano informou que vai acrescentar a informação que estava ausente na petição inicial.

Na petição inicial, a defesa de Veneziano destacou que o vídeo o difama e o expõe ao ridículo quando faz uma montagem com peruca feminina. Além disso, ele alegou que o vídeo está repleto de citações caluniosas e apresenta “supostas condenações relativas a diversos atos de improbidade administrativa, vinculados de forma ardilosa e truncada nas montagens ao longo do vídeo”.

Click PB

Comentários