LANÇAMENTO: Livro “Meu Companheiro – 40 anos ao lado de Luís Carlos Prestes”

26 jul 2013

Livro “Meu Companheiro – 40 anos ao lado de Luís Carlos Prestes” será lançado no Festival de Artes de Areia

O Governo da Paraíba promove de 29 deste mês julho a 4 de agosto o 14º Festival de Artes de Areia, com o tema “Paraíba Feminina de Cultura – Mulher é Arte”. Da programação constam diversos lançamentos de livros, destacando-se “Meu Companheiro – 40 anos ao lado de Luís Carlos Prestes”, que será lançado no dia 1º de agosto, às 19h, no Polo Escrivaninha Secreta, com a presença de Maria Prestes, autora da obra e viúva do comunista.

O lançamento do livro será apresentado pela secretária de Comunicação Institucional Estela Bezerra, que também vai mediar um debate sobre a obra de Maria Prestes, com a presença também de Luís Carlos Prestes Filho.

Do Rio de Janeiro, onde mora, por telefone, a senhora Maria Prestes, 83 anos, informa que o livro teve primeira edição em 1994 e está hoje na quarta edição. A obra tem mais de 200 páginas e várias ilustrações. A edição atual foi lançada também em espanhol. “No meu livro retrato o lado humano de Prestes junto com a família. É uma biografia minha e os 40 anos que vivi com Luís Carlos Prestes”, declarou a viúva. Ela e Prestes educaram os filhos em Moscou e foi lá que os filhos puderam conhecer o pai.

No livro, Maria Prestes conta que desde seus nove anos de idade ajudava seu pai na organização do Partido Comunista Brasileiro (PCB). “Levando as palavras de ordem do partido, no combate ao nazismo, na luta pela libertação de presos políticos aqui no Brasil no governo de Getúlio Vargas”, lembra.

Maria Prestes, militante da Juventude Comunista Brasileira, casou-se com Luís Carlos Prestes no ano de 1950, com quem teve os filhos Antônio João Ribeiro Prestes, Rosa Ribeiro Prestes, Ermelinda Ribeiro Prestes, Luís Carlos Ribeiro Prestes (Luís Carlos Prestes Filho), Mariana Ribeiro Prestes, Zoia Ribeiro Prestes e Yuri Alexandre Ribeiro.

A autora de “Meu Companheiro” é filha de João Rodrigues Sobral, “Camarada Lima”, e Mariana Ribas Pontes, militantes do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Maria conheceu o líder comunista quando era responsável por sua segurança em um aparelho do partido em São Paulo. No documento atual seus pais são indicados como João Ribeiro e Mariana Ribeiro. Ela ficou viúva em 1990.

Também por telefone, Luís Carlos Prestes Filho confirmou que acompanhará sua mãe na participação no Festival de Artes de Areia. Ele falou sobre a expectativa da viagem à Paraíba: “Minha mãe é nordestina, nasceu na cidade de Recife, e para ela poder ter esse encontro com o interior da Paraíba e com a sua gente, sua arte, sempre é muito importante, por isso mesmo é uma honra para a gente estar aí a convite do governador e do secretário Chico César”, declarou.

Coluna Prestes – Luís Carlos Prestes Filho destacou que foi feito um mapeamento das cidades por onde a Coluna Prestes passou em 1925 e a cidade de Sousa foi uma delas. Existe um projeto para se desenvolver um roteiro turístico na rota da Coluna Prestes. “A constituição desse roteiro turístico, histórico, gastronômico e de artesanato contribui com o desenvolvimento econômico e social do Estado da Paraíba e a minha intenção é colaborar com o trabalho que está sendo feito pelo secretário Chico César para que o trecho da trilha da Coluna Prestes na Paraíba seja conhecida nacionalmente”.

A Coluna Prestes vai completar 90 anos em 2014. Foi um movimento político liderado por militares contrários à República Velha e às elites agrárias. Existiu de 1925 a 1927 e percorreu 25 mil quilômetros em 11 Estados. Seu principal líder foi o capitão Luís Carlos Prestes. O objetivo era derrubar o governo do presidente Arthur Bernardes.

Comentários