Maranhão compara Lira a Judas e diz que o ato de trair dói na consciência do traidor

3 maio 2018

O senador e pré-candidato ao governo do Estado, José Maranhão (MDB), declarou durante passagem pela cidade de Tacima, no Curimataú paraibano, onde participou das comemorações dos 59 anos de emancipação política daquele município, que a mudança repentina do senador Raimundo Lira para o grupo de Lucélio Cartaxo (PV), dói apenas na consciência do mesmo.

“Eu não gosto de usar essa palavra, eu acho que nada mais dói na consciência de quem trai do que o próprio ato de trair. Foi assim que aconteceu com Judas quando ele traiu Cristo” disse.

Comentários