Nepotismo: Via Láctea Brasileira

19 jul 2013

NEPOTISMO: VIA LÁCTEA BRASILEIRA

A Via Láctea, ou como queiram os especialistas do assunto, a Galáxia Via Láctea é a galáxia onde se encontra o Sistema Solar. É uma estrutura constituída por cerca de duzentos bilhões de estrelas. Nessa galáxia, o bulbo central galáctio é em torno do núcleo galáctio, sendo uma região rica em elementos pesados. Há também braços espirais, de cores diferentes: verde-oceano (Ciano), violeta (Violeta), verde-planta (scutum- Crux), e a cor rosa (Carina Sagittarius).

A Galáxia Via Láctea foi denominada pelos gregos antigos de “Galaxies Kukluos”, mas ficou conhecida como o “caminho de leite”, nomenclatura também muito apropriada ao Nepotismo que impera no nosso Brasil. O caminho de leite dos políticos corruptos, ou seja, a mamata, os arrumadinhos, o jeitinho brasileiro em benefício próprio ou dos seus.

A Via Láctea do nepotismo brasileiro é uma estrutura corrupta, constituída por políticos e autoridades, que tem como bulbo central galáctio, a máquina de empregos e apadrinhamentos, chamada Estado, sendo uma região rica de material pesado, anti-ético, amoral e imoral. Há também enormes braços, e não são apenas quatro, tentando se apropriar indevidamente do que é público.

A beleza do céu brasileiro, adornado com o espetáculo da Via Láctea já foi cantada por Olavo Bilac: “Como um pálio aberto/Cintila. E ao vir do sol, saudoso e em prato/Inda as procuro pelo céu deserto.” Um espetáculo digno de ser visto não só pelos poetas, mas por todos que apreciam a natureza: uma tênue faixa luminosa, parecendo branca, corta o céu de fora a fora, eis aí a Via Láctea. No entanto, a Via Láctea desenhada por nossos políticos e algumas autoridades é a fábrica de empregos ou ascensão profissional na Máquina do Estado e nos Poderes Públicos.

Consequentemente, a Via Láctea do nepotismo é uma prática que viola as garantias constitucionais da legalidade, da moralidade e da impessoalidade administrativa à medida que estabelece privilégios em função de relações de parentesco e desconsidera a capacidade técnica para o exercício do cargo.

Nepotismo, de origem latina, nepos, neto ou descendente é o termo utilizado para designar o favorecimento de parentes ou de amigos próximos em detrimento de pessoas mais qualificadas, especialmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos a parentes no funcionalismo público, ocorrendo, por exemplo, quando determinado funcionário é promovido por ter relações de parentesco com aquele que o promove, havendo pessoas mais qualificadas e mais merecedoras da promoção.

No Brasil, o nepotismo é uma faixa preta que corta de fora a fora o país, é a “Galáxia das Injustiças”, uma vez que não se constitui como crime. É a passarela da corrupção, a estrada doentia dos políticos sujos, corruptos, que infelizmente, comandam o Brasil. Constituindo-se assim, realmente na  via láctea dos poderosos do Brasil.

Vânia Rocha

Comentários