O morcego

13 jun 2013

O MORCEGO

Ah! Tenho tanto medo.
Medo dessa tormenta
Negra, de asas enormes,
Que me amordaçam,
Sufocando sonhos e vida.

Ah! É um morcego,
Terrível, noturno,
Que me causa ânsia
E muito medo,
Em enorme tormento.

Ele, o morcego,
Ronda,
Sonda,
Espreita-me.
Sua sentença de morte
Quer me decretar!

O morcego é a dor,
Sanguinolenta,
Que rasca meu eu,
Sem nunca silenciar.

Vânia Rocha

Comentários