O que é melhor para Santiago?

16 mar 2013

Observadores políticos muito ligados as decisões administrativas da capital federal, afirmam com convicção, de que o ex-senador Wilson Santiago vai deixar o PMDB, pois está se sentindo abandonado pelo partido, não só em João Pessoa, mas também na capital da República.

É claro, que depois de perder o mandato de senador, Wilson Santiago ficou desprestigiado junto à cúpula nacional peemedebista. Com o mandato, Santiago era chamado para todas as decisões, inclusive ocupando uma das diretorias do Senado. Agora, tudo é diferente. Não é chamado para qualquer movimento, e muito menos para as grandes decisões do partido.

A cúpula estadual do PMDB resolveu usar o mesmo peso que Brasília usa contra o ex-senador, por isso ele está procurando um novo partido, por menor que seja, para se filiar, juntamente com os amigos.

Ninguém pode negar que Santiago ainda exerce uma forte liderança no alto sertão paraibano, mas está encontrando sérias dificuldades para conduzir os verdadeiros amigos para o novo partido. Os políticos sabem que o PMDB é um aliado número um de Dilma Roussef. Sabem também que o PMDB será muito prestigiado na Paraíba, na hora da decisão, em 2014. E sabem que Wilson não levará aliados de peso para o PTB.

A situação de Santiago não é das melhores, com relação a mudança de partido. A essa altura, ficar no PMDB é um desastre. Sair dele será pior.

Comentários