O Rei da Cultura

23 fev 2013

O Rei da Cultura

Escreveu: Francisco Alves Cardoso – 23/02/2013

Quando engatinhava os meus primeiros passos culturais, certo dia ouvi falar de Ariano Suassuna, o teatrólogo de tantos textos famosos. De imediato comecei a pesquisa para conseguir algumas peças de sua autoria, pois queria encená-las na minha cidade de Sousa.

Na década de 1970, o Teatro de Amadores de Sousa, o consagrado “TAS” estava vivendo um grande momento nas “Terras de Bento Freire”, revelando artistas que mais tarde se transformaram famosos pelo Brasil afora. Todos nós, os componentes do grupo, vibramos muito quando conseguimos a peça “O Auto da Compadecida”, reunimos o pessoal e iniciamos os trabalhos para a montagem. Depois levamos aos palcos o “Casamento Suspeitoso”, outra criatividade não menos famosa do “Rei da Cultura”.

Para montar os textos teatrais de Ariano era necessário a autorização do escritor, para não pagar os direitos autorais, levando em consideração que o TAS era pobre e não cobrava ingressos, por ocasião da encenação das peças. Uma carta do grupo teatral foi encaminhada a Ariano, pelas mãos do estudante de Direito sousense, Salomão Gadelha, que estudava em Recife. Suassuna liberou as encenações através de uma carta do próprio punho, que ainda hoje se encontra nos nossos arquivos.

Certo dia fomos convidados pela rainha Eneida Agra Maracajá, para uma visita a Campina Grande, participar do Festival de Inverno, e ainda assistir uma palestra do famoso escritor. Nos deslocamos à “Rainha da Borborema” e tivemos a oportunidade de ver, aplaudir e abraçar Ariano, como também agradecer a liberação dos textos para montagens.

No ano de 2008 criamos o Parque Cultural “O Rei do Baião”, na Comunidade São Francisco, no município de São João do Rio do Peixe (PB), com a finalidade de divulgar a história de Luiz Gonzaga. O momento principal do Parque é o Festival de Músicas Gonzagueanas, intitulado FESMUZA, que em 2013 realiza a sexta edição.

O Parque é organizado e mantido pelo “Caldeirão Político”, Instituto de Comunicação de maior credibilidade, e o Grupo União São Francisco, órgão comunitário que administra a chamada “Fazenda Cidade”.

No corrente ano, implantaremos novas criatividades culturais: a Galeria dos Escritores Amigos do “Caldeirão Político”, o lançamento do livro “O 1º CONPOZAGÃO” e a celebração da 1ª Missa do Vaqueiro. Na oportunidade, vamos homenagear Ariano Suassuna, fazendo a aposição de um Busto do nosso herói, na praça principal do Parque. É a melhor maneira de agradecer Ariano, colocando seu busto para a veneração de todos que visitam o Parque diariamente. A solenidade de homenagem a Suassuna será no dia 17 de agosto, momentos antes da abertura do VI FESMUZA, a maior festa gonzagueana do Nordeste brasileiro, na atualidade.

O “Rei do Baião” vai receber os aplausos do “Rei da Cultura”, naquele pedaço de chão bem nordestino, sob os olhares do mandacaru, juazeiro e angicos, ao lado da Casa de Reboco, Galeria dos Escritores Amigos do “Caldeirão Político”, Casa do Sanfoneiro “Seu Januário”, Sala dos Poetas e Repentistas e o Cristo Redentor, que recebe os turistas de braços abertos, na entrada daquela área de proteção à natureza.

Comentários