Os Pingos Quentes das Últimas Horas

25 nov 2013

Aécio corteja, mas presidente do PPS diz preferir aliança com PSB

O senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), não conseguiu, por ora, o apoio do PPS, outro partido oposicionista, para as eleições do ano que vem.

Pré-candidato à Presidência, Aécio se reuniu anteontem no Rio, durante um Congresso do PPS, com o presidente da sigla, deputado federal Roberto Freire (SP). Do encontro, contudo, não saiu nenhum acordo.

Como tem dito, Roberto Freire reafirmou no fim de semana ter preferência por Eduardo Campos, governador de Pernambuco e provável candidato do PSB nas eleições de outubro de 2014.


O presidente do PSDB, Aécio Neves, participa de convenção PPS no Rio de Janeiro – Foto: George Gianni/Divulgação/PSDB

Segundo ele, o apoio a Campos fortalece mais uma candidatura da oposição.

“Porque o que temos como objetivo maior é derrotar esse bloco hegemônico que está no poder”, disse Freire em discurso, referindo-se ao PT, partido que comanda o governo federal desde 2003.

Em seu discurso, Roberto Freire classificou Aécio Neves e Eduardo Campos como “grandes candidatos”.

O senador mineiro disse ainda estar otimista sobre uma possível aliança entre os dois partidos. “Desse cipoal de legendas no Brasil, o PPS é um dos poucos que podemos chamar de partido político. Nossa aliança é muito natural”, afirmou.

O PPS deve decidir em dezembro, durante um congresso nacional, o candidato com qual fechará aliança para o pleito do ano que vem.

Do UOL RIO

Comentários