Os Pingos Quentes das Últimas Horas

14 nov 2017

O empresário Dalton Gadelha (PSC), está entusiasmado para disputar uma vaga de senador nas eleições do próximo ano.

Dalton é natural da cidade de Sousa (PB), mas atualmente é empresário do ramo educacional em Campina Grande.

Com a provável posse do deputado Aguinaldo Ribeiro no Ministério das Cidades, Marcondes Gadelha já se prepara para assumir a vaga durante esse período.

Será uma especial homenagem ao ex-senador Marcondes, um dos maiores políticos paraibanos de todos os tempos.

As últimas informações de Campina Grande garantem que o prefeito Romero Rodrigues não vai deixar a prefeitura, permanecendo no cargo até o último dia do mandato.

Ao que tudo indica, Romero vem se desencantando com a política brasileira, e que por isso pretende terminar o mandato assumido.

O ex-deputado Leonardo Gadelha não tem chances de sair candidato às eleições do ano que vem.

As últimas informações chegadas a nossa redação garantem que ele está sendo aconselhado a não disputar nenhum cargo eletivo.

Com os fortalecimentos das candidaturas de Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva na disputa presidencial em 2018, os demais candidatos não terão chance alguma de vitória.

Já está praticamente definido que uma grande final acontecerá entre os dois principais postulantes das eleições vindouras.

O ex-vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo, está preparado para disputar uma vaga de deputado estadual no próximo ano.

O esquema político do ex-prefeito Carlos Antônio e de Denise Albuquerque, está pronto para fazer uma grandiosa campanha em favor de Araújo.

O esquema político do deputado federal Damião Feliciano, esposo da vice-governadora da Paraíba, está cada vez mais escanteado no Palácio da Redenção.

Lígia Feliciano dificilmente disputará um cargo eletivo, e também não conta com o apoio de Coutinho para sucedê-lo na governança paraibana.

O PSDB se afasta cada vez mais do governo do presidente Michel Temer, que vem com uma imagem bastante desgastante, criando um forte rompimento com aliados de primeira hora.

Ao que tudo indica, nem o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso conseguiu unir os dois blocos que brigam dentro do próprio partido: Aécio de um lado, e Jereissati do outro.

Cresce cada vez mais o isolamento político do senador Cássio Cunha Lima na Paraíba.

Essa luta dele para sair como deputado federal demonstra o desligamento definitivo com o eleitorado paraibano.

Comentários