Paraíba fica em 12º e 5º no ranking dos Estados

30 mar 2013

Paraiba, entre os 26 Estados e o Distrito Federal, ficou em 12º lugar no país e no 5 º do Nordeste

A Paraíba, entre os 26 Estados e o Distrito Federal, ficou em 12º lugar no país e no 5 º do Nordeste em volume de recursos transferidos do governo federal em 2012. No total, a União repassou mais de R$ 7,1 bilhões, sendo R$ 3,25 bilhões para o governo do Estado e R$ 3,86 bilhões para as prefeituras. Os valores constam no Portal da Transparência do governo federal.

No volume de verbas, estão incluídos o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM), Fundeb, Sistema Único de Saúde (SUS), obras, Bolsa Família e outros programas sociais. Nos últimos cinco anos, as transferências da União para a Paraíba pularam de R$ 5,8 bilhões para R$ 7,1 bilhões, o que representou um crescimento de 18,3%.

No Nordeste, a Bahia recebeu no ano passado R$ 21 bilhões, o triplo da Paraíba. Já Pernambuco ficou na segunda colocação, com R$ 13 bilhões, seguido pelo Ceará (R$ 12,9 bilhões) e Maranhão (R$ 12,4 bilhões).

Ainda na região, a Paraíba superou, no ranking de transferências federais, os Estados do Piauí ( R$ 6,7 bilhões), Alagoas (R$ 6,4 bilhões) , Rio Grande do Norte (R$ 6,1 bilhões) e Sergipe (R$ 4,9 bilhões).

Para o secretário estadual de Planejamento, Gustavo Nogueira, as transferências, principalmente para obras e programas sociais, são importantes, mas podem aumentar. “Um bom volume de repasses é fruto de projetos apresentados pelo governo do Estado e executados em parceria com a União”, frisou.

Todavia, ele voltou a enfatizar que para chegar entre os primeiros, a Paraíba necessita de mais obras estruturantes, a exemplo da revitalização do Porto de Cabedelo e a construção de um novo porto, além da ampliação dos aeroportos, entre eles o Castro Pinto (Bayeux) e o João Suassuna (Campina Grande).

Gustavo Nogueira também salientou que a Paraíba reivindica com projetos a revitalização da atual Transnordestina e a construção da conexão do novo ramal da ferrovia, ligando os Estados de Pernambuco, Piauí, Ceará e Maranhão, além de um terceiro eixo da Transposição do Rio São Francisco.

Do Jornal da Paraíba

Comentários