PMDB confirma reunião do partido e dirigente fala de Raimundo Lira e candidatura própria em 2018

24 mar 2017

O membro da executiva estadual do PMDB e ‘braço direito’ do presidente, senador José Maranhão, Antonio de Sousa, confirmou a reunião do partido para a próxima segunda-feira (27), falou da situação do senador Raimundo Lira e destacou que o PMDB quer ter candidatura própria para 2018.

A reunião que a priori estava marcada para o dia 20 de janeiro e foi sendo protelada desta vez foi confirmada nesta sexta-feira (24), para a próxima segunda (27).

Questionado se será tratado o assunto sobre uma suposta saída de Raimundo Lira do partido, Sousa afirmou que isso depende do parlamentar: “você só fica enquanto quer. Se ele vir que não tem mais condições de ficar é uma decisão pessoal dele. Do ponto de vista do partido, está tudo equacionado”, garantiu.

O dirigente ainda disse que tem conversado em Brasília com os parlamentares, com Veneziano e assegurou que não existem maiores problemas com relação a participação do parlamentar e que os entendimentos dentro do partido estão sendo mantidos em torno da aliança firmada em 2016 e que deve ser mantida para 2018.

Já sobre a candidatura própria, Sousa afirmou que num primeiro momento o partido trabalha com a viabilidade das candidaturas em todos os níveis de deputado a governador, “mas na medida que o partido não conseguir viabilizar uma candidatura própria aí procura-se os aliados com o qual o PMDB tem tido relacionamento em outras eleições, como aconteceu com a candidatura de Manoel Júnior, seguramos até o início de setembro, ele avaliou que não tinha condições de levar e fechou aliança com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD)”.

Marília Domingues / Adelton Alves
Paraiba.com.br

Comentários