POESIA…

2 dez 2017

Ela é universal como a saudade,
Imortaliza, engrandece obras, mas não cobra nada;
Ela é sentida, é admirada, mas ninguém a vê,
Ela toca fundo à alma da gente, mas não é tocada.
Ela não tem dono, não sacia fome, nem salva ninguém;
Ela não enriquece, não faz ficar pobre, mas traz alegria,
Para quem não gosta, pode parecer um zero à esquerda,
Mas, pra quem a ama, nunca deixará de ser POESIA!

José Ribamar Alves-01-12-2017.

Comentários