Pombal/PB e os Fósforos Argos

10 jun 2017

fosforos

Durante minha infância e adolescência, em toda cozinha de Pombal tinha uma caixa de fósforo Argos.Também em muito bolso de fumante esteve presente. De ricos e de pobres. Deve ter acendido do charuto de Ageu de Castro ao boró de Pequeno. E lamparinas, velas e lampiões? Já era comercializado em Pombal quando o fornecimento de energia era cortado à noite?

Pelo que andei colhendo em São Google, a fábrica foi inaugurada em 1935, em Jundiaí, interior de São Paulo,e não tinha a razão comercial atual: Indústrias Andrade Latorre. Os palitos eram chatos. A pobreza, para economizar, os dividia em dois.Além do Argos, a fábrica produzia o Guarany, e parte da produção era exportada para Bolívia e Paraguai.

Argos quer dizer “o que tem luz,o que brilha”. A frase latina IN HOC SIGNO VINCES (com este sinal vencerás) em volta da cruz,no rótulo, faz alusão à aparição do Arcanjo São Miguel ao imperador romano Constantino, na Gália,quando o imperador combatia Maxêncio (Constantino perseguia os cristãos). Sem compreender esse sinal, o Arcanjo voltou a aparecer-lhe em sonho e mandou que o imperador pintasse a frase num estandarte e o levasse à frente de suas tropas nos combates. Venceu a batalha e baixou o decreto cessando a perseguição aos cristãos e ele mesmo convertendo-se ao cristianismo.

edson alencar

Edson Alencar

Comentários