SÃO JOSÉ – PADROEIRO DA CHUVA

24 nov 2017

Voltemos o nosso olhar de clemência e piedade para os céus, neste dia consagrado ao bondoso São José, que o acolhe em seu manto a todos os seus filhos, indistintamente.

REZAR é a melhor maneira de pedir e agradecer ao nosso Santo Padroeiro pelas chuvas caídas e a continuidade do inverno que alimenta e mata a sede do homem, do gado e vivifica e frutifica a plantação. Esta é uma doação sem recompensa e sem cobrança.

O Dia de São José, celebrado a cada 19 de março, prestamos homenagem ao padroeiro da Chuva e do Trabalhador, carregando um significado especial para o sertanejo. Trata-se de um importante marco simbólico e de um dia magistral na tradição e na expectativa do povo nordestino. A crença popular indica que, se chover até o Dia de São José, o ano será de bom “inverno”, com chuva garantindo a safra e a mesa farta. A fé no santo padroeiro se soma à esperança do agricultor, do vaqueiro, do homem do campo. Do homem, da mulher e do menino.

Para a fé do nordestino –especialmente em época de seca–, a chegada do dia de São José é marcante. Reza a tradição secular que, se não chover neste domingo, dia 19, o inverno será ruim, e o agricultor não vai colher a safra.

Abençoado seja o teu nome, ó bondoso São José! Glorificamos o teu dia. Somos teus filhos pela graça do nosso Deus todo poderoso.

Amém!

João Pessoa – PB, 19 de março de 2017.

SEVERINO COELHO VIANA

Comentários