Sem viaturas, policiais trabalham a pé em cidades da região do Cariri

10 fev 2014

O deputado Carlos Batinga (PSB) voltou a criticar, neste final de semana, os problemas na área de segurança pública na região do Cariri paraibano. Desta vez, o deputado denuncia que os policiais militares nas cidades de Caraúbas e Congo estão sem viaturas. Segundo ele, os veículos estão com problemas mecânicos há alguns dias e encontram-se parados em oficinas da região.

“Em cidades, nas quais a Paraíba faz divisa com o estado de Pernambuco e geralmente o índice de criminalidade é alto, fica difícil, além do pouco efetivo, os policiais trabalharem a pé para capturar os criminosos”, criticou.

Os problemas da segurança pública no Cariri paraibano já foram denunciados várias vezes pelo deputado Carlos Batinga. Em setembro do ano passado, atendendo revindicação do deputado, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou uma sessão itinerante, na Câmara Municipal da cidade de Serra Branca, com o objetivo de discutir a falta de segurança na região.

Batinga ressalta que o clima de insegurança assusta a população da região, com arrastões permanentes; assaltos a bancos e correspondentes bancários; invasões de residências na zona urbana e rural; assassinatos; e tentativas de homicídio.

“A população está amedrontada e o Governo do Estado nada faz. Temos que ter um plano de ação do governo, ouvindo todos os setores da sociedade e classe política. A situação só não é mais preocupante devido ao esforço pessoal, vocacional, da vontade de alguns policias, que muitas vezes não tem o que fazer pela falta de estrutura e contingente”, lamentou.

Comentários