Sessão solene homenageia Humberto Lucena

26 abr 2013

A Assembleia Legislativa da Paraíba realizou, na manhã desta sexta-feira (26), sessão solene em homenagem à memória do senador Humberto Lucena. O evento aconteceu no plenário José Mariz. Na oportunidade, foi entregue a “Medalha Epitácio Pessoa” ao ex-vice-prefeito de João Pessoa, Haroldo Lucena, requerida pela ex-deputada Francisca Motta. A sessão foi solicitada pelo Domiciano Cabral (Democratas) e presidida pela deputada Iraê Lucena (PMDB), que é filha de Humberto. Na oportunidade, Domiciano fez um pronunciamento emocionado sobre o ex-senador. “Humberto foi um homem digno, um político atuante e correto, que sempre fez o bem sem olhar a quem. Ele foi meu grande mestre e amigo”, disse.

No início da sessão foi apresentado um vídeo documentário sobre a vida pessoal e política de Humberto Lucena, com vários depoimentos de amigos, escritores, jornalistas e políticos, que ressaltaram seu espírito público democrático e conciliador como deputado, senador e presidente do Senado e do Congresso Nacional. Entre os políticos que gravaram mensagens enaltecendo a história de Humberto estão os senadores Eduardo Suplicy, Pedro Simon, Renan Calheiros, José Sarney; os ex-senadores Efraim Morais e Ney Suassuna; o ex-governador José Maranhão.

O presidente da ALPB, deputado Ricardo Marcelo, não participou da sessão por problemas na sua agenda, mas seu discurso foi lido por Domiciano Cabral. No seu texto, Ricardo Marcelo disse que Humberto se destacou pelo seu poder de articulação política e seu espírito conciliador. “Tinha o respeito e a admiração até dos adversários políticos. Acredito que todo homem que trilhe pela carreira política aqui na Paraíba se espelha ou já se espelhou em Humberto Lucena. Em 40 anos de vida pública Humberto atuou na defesa de causas justas e nobres. Ele era um homem determinado, que tinha muita força e preservava um estilo calmo e pacificador”, disse.

Após receber a medalha, Haroldo Lucena agradeceu a homenagem da Casa de Epitácio Pessoa, em especial da ex-deputada e prefeita de Patos, Francisca Mota, autora da propositura. “Guardo esta medalha com muita honra, mas divido-a com o meu irmão Humberto, por que se a recebo hoje muito se deve a história dele”, comentou.

Também participaram da sessão a ex-deputada e prefeita de Patos, Francisca Motta (PMDB);o ex-governador Roberto Paulino (PMDB); o ex-deputado e prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB); o deputado Raniery Paulino (PMDB); o vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho (PSDB); o vereador Santino Feliciano (PTdoB), que representou a Câmara de João Pessoa; o conselheiro do TCE, Fernando Catão; o assessor especial do Governo do Estado Ramalho Leite, que representou o governador Ricardo Coutinho (PSB); o ex-secretário de Segurança, Eitel Santiago; a presidente da Aspas, Sanny Japiassu; e o assessor especial do Ministério das Cidades, Paulo Barreto, que representou o ministro Aguinaldo Ribeiro (PP).

Pedro Simon

Também seria entregue a “Medalha Senador Humberto Lucena” ao senador Pedro Simon (PT-RS), concedida pela Deputada Iraê Lucena, mas por problemas de saúde, o senador não pôde participar da solenidade. Simon enviou uma carta para justificar a sua ausência e lamentou o diagnóstico médico que o impediu de vir à Paraíba, mas assegurou que em breve estará no Estado. “Esta é a segunda homenagem que recebo da família Lucena, a primeira foi ser amigo de Humberto. Já carregava Humberto no coração e agora, com a outorga da medalha, também carrego em cima do peito. Humberto foi um grande amigo, um exemplo, um verdadeiro companheiro”, declarou. A medalha de Simon será entregue em Brasília pela deputada Iraê.

[portfolio_slideshow]

Comentários