Vamos comemorar o aniversário de Pombal lembrando um “amor de capa de revista?” – Seu Afonso e dona Ermelinda

25 jul 2017

image

Dona Ermelinda, que foi minha professora do primário, e seu Afonso protagonizaram um namoro de mais de 48 anos, e que fez parte da paisagem das praças de POMBAL.

Muitos antes de eu nascer Dona Ermerlinda e seu Afonso já namoravam. Eu sai de Pombal em 1978 com 17 anos, e diziam que aquele namoro já vinha de 35 anos atrás.

Todas as noites era possível ver o casal sentado na Praça Mons. Valeriano namorando ou de mãos dadas na Getúlio Vargas.

Já velhos, finalmente se casaram, mas pouco tempo depois seu Afonso morreu e em seguida Dona Ermelinda sucumbiu a saudade.

Jerdivan Nóbrega Araujo

Comentários