Vereador diz que prefeito Zé de Pedrinho foi “arrogante” para escolha da Presidência da Câmara

20 maio 2017

camara_1

Já tramita na Câmara de Vereadores de Marizópolis, Resolução de Lei em caráter de urgência para adiar a votação da escolha do novo presidente do Poder Legislativo.

O Vereador situacionista, Carlos José é contrário essa medida, por achar inconveniente, e anuncia que deverá procurar a Justiça mais uma vez. Pelo Regimento a eleição será no dia 05 de outubro do ano que entra, mas querem antecipar para o mês de junho, antes do recesso parlamentar.

O Presidente da Câmara, Vereador, Derval Olímpio disse na Imprensa local que o impasse que gerou o maior desconforto deste o início da legislatura partiu da “arrogância” do prefeito Zé de Pedrinho que não soube conduzir o pleito.

O Gestor deste o primeiro momento que queria o Vereador, Carlos José como presidente, mas encontrou resistência de alguns pares, e nisto não soubera conforme Derval conduzir o feito, terminou gerando consequência danosa da bancada situacionista.

De acordo com Derval faltou dentro do grupo união, sentar para resolver o impasse, decidir o melhor para a bancada. “Não teve isso. Veio determinado, eu senti isso, um arrogância do prefeito Zé de Pedrinho”, completou.

O atual presidente, Derval Olímpio lembrou o tratamento desigual que sempre teve por parte do prefeito Zé de Pedrinho deste do primeiro momento que assumiu a prefeitura em setembro do ano passado, e sabia que não teria privilegio na Gestão com a “arrogância” do atual administrador de Marizópolis.

A declaração do Vereador, Derval é resquício da eleição da presidência da Câmara, a qual ele foi eleito com votos de vereadores da oposição, derrotando o candidato do prefeito, que era o Parlamentar Mirim, Carlos José.

Fonte: Repórter PB

Comentários