100 Repentes memoráveis

14 mar 2013

O poeta Jomaci Dantas acaba de reunir uma coletânea de versos dos melhores repentistas do Brasil, lançando num livro que tem um verso de Canhotinho, e que beleza: “Quando era injusto o Brasil, os pretos se cativaram, o choro dos filhos brancos, as mães pretas consolaram, e o leite dos filhos pretos, os filhos brancos mamaram”.

Jomaci faz um agradecimento especial ao empresário João Claudino Fernandes, afirmando ser ele “um devotado guardião da arte nordestina. Guardião por torná-la acessível, perene, até que se torne eterna”.

O poeta, escritor e jornalista Pedro Ribeiro, que prefaciou a obra, afirma que: “Jomaci Dantas, um caçador de talentos, garimpou no mundo da arte e na visão do belo, 100 Repentes Memoráveis, para formatar a constelação dos insuperáveis”.

E mais adiante afirmou: “Destaque-se nessa apreciação, o gosto de cada qual, para escolher entre: Diniz Vitorino, Ivanildo Vilanova, João Paraibano, Moacir Laurentino, Sebastião da Silva, Domingos Fonseca”.

Comentários