A absoluta incerteza

11 fev 2017

O Brasil está sendo assaltado por agitadores – a mídia não mostra a real situação por que passa a sociedade brasileira. Depredações e mortes ocorrem em muitos Estados da Federação. A Justiça e o Ministério Público aguardam o relatório policial, mas esse não chega.

A Lei instituída pelas esquerdas é bem clara: ninguém será preso, a não ser em flagrante delito, e os manifestantes possuem o direito de fazerem o que quiserem com tudo e com todos. Em entrevista um manifestante alegou: se os bandidos podem tudo, até matar, nós também podemos.

A desculpa para todas essas quebradeiras é a ausência da policia militar nas ruas – em alguns locais foi preciso as esposas desses militares tomarem a frente e defenderem as suas famílias contra os desmandos dos governos estaduais.

Por longos anos governadores mandaram e desmandaram a frente de seus governos corruptos e irresponsáveis. Chegando a hora de ajustarem as finanças, não encontram saída para pagarem os salários dos vivaldinos e espertalhões que são as grandes maiorias nas folhas de pagamento desses governos estaduais. Tem servidores ganhando 160 mil reais; outros 80 mil reais e muitos 40 a 60 mil reais. Esses supersalarios evitam que os que realmente trabalham e são essenciais para a sociedade, recebam aumento nenhum, ou seja, que o dinheiro falte até para o pagamento de dezembro dos policiais – daí o clima de revolta – porque as despesas das famílias não sendo pagas, haverá as multas e os cortes de energia, água e a inscrição na dívida ativa, em alguns casos.

Não pode é o governador desses locais ficarem de braços cruzados e pensar que a responsabilidade não é dele – não é do estado.

É dele sim ! – é obrigação dele pagar os setores prioritários do estado e até mesmo pagar somente o teto constitucional dos servidores, e o que passar do teto ficar para outra oportunidade.

Também é preciso cortar gastos com cafezinho, ar condicionado, telefone de acessores e até gasolina para secretários, em automóveis caros, levarem as madames para fazer as unhas, praias, mercados e lojas da moda, etc.

Cortando gastos dá e poderá evitar essa balburdia, essa insubordinação, esse afrontamento a lei e a ordem que atenta contra a hierarquia e a disciplina nos quartéis da policia.

Enquanto isso, os esquerdistas se aproveitam para subverter a ordem, saqueando lojas, matando de vez o fraco comercio, que gera os impostos para os estados pagarem os seus militares.

Muitos dessa gente encapuzada, e com centenas de foguetes caros nas mãos, protegidos pelos direitos humanos, detonam esses artefatos contra ônibus, posto de gasolina e oleodutos, com a intenção de provocarem incêndios e explosões.

E está tudo certo – é isso aí – é por aí – eis aí a tal democracia propagada pelas esquerdas, como ideal democrático, de liberdade, democracia, direitos humanos, inclusão social, igualdade para todos.

Enquanto isso, os verdadeiros servidores da pátria, os integrantes das Forças Armadas, correm daqui para ali, sem poderem de fato agir e resolver essa bandalheira toda e juntamente com os demais cidadãos estão fazendo papel de bobo perante esses arruaceiros.

Ser bom, correto, direito, honesto e trabalhador se tornou minoria nesse país, alem de ser alvo de chacotas, largas e gostosas risadas, pelos comunistas endinheirados, senhores da situação, do altos de seus gabinetes luxuosos e no ar condicionado, comandam as ações de todos esses verdadeiros bandidos e assaltantes da sociedade, que os financia com milhões de reais todos os meses.

Que vá para as ruas conter essa gentalha política e muito bem orientada e financiada pelos partidos de esquerda os baluartes da tal democracia:

-FHC – José Serra – Jesuino – Dirceu – Eloisa Helena – Tarso Genro – Gleisi Hoffman – Bispos da Igreja Catolica – MST – Sem Teto e Com Teto e tudo mais.

Enquanto o Brasil está à beira de uma insurreição, pelo fracasso da ordem publica, social e constitucional.

O Palácio do Planalto gasta a vontade, cria ministérios a toque de canetaços, indica favorecidos e apadrinhados e não se digna a ajudar a ninguém. Parece que esse palácio é em outro reino, em outro mundo, ou melhor, não é desse mundo, e todos os problemas que a sociedade está enfrentando, a natureza em si mesma, dor sofrimento, lágrimas e pesares pelas mortes dos seus filhos, ainda não é capaz de impressionar, de chamar a ordem e a responsabilidade esses mandatários engravatados que circulam por Brasilia, que podem tudo, ganham bem e se aproveitam do suor e dos esforços de todos os brasileiros.

É a verdadeira ditadura dos engravatados de esquerda.

“ a pior democracia, é bem melhor que a melhor ditadura” – ( de esquerda) é lógico – ditado deles.

Não há vergonha na cara – Não há consciência – Não há pudor – Não há respeito por nada por aqui. Acabou a dignidade – Acabou a moral. O Brasil é um país de bandidos: governados por eles, administrados por eles e a serviço deles.

Tudo mais é demagogia, com a única intenção em levar vantagens sobre a população indefesa e sofredora. É um governo despótico e tirânico – sem vontade sequer de punir criminosos – É um governo cúmplice de tudo o que é ruim e desastroso para a Ordem e o Progresso.

– quando é que vão parar de roubar do Brasil ?

– não chega !

– não basta ?

Alfredo Bonessi

Comentários