A mulher

12 mar 2013

SER MULHER

Quem foi que disse que a mulher é rasa?
Quem foi que disse que a mulher é má?
Quem foi que disse que a mulher atrasa
E que só sabe ser dona de casa,
Tem fantasia mas não sabe amar?

Alguém já disse que a mulher é plena
Não é pequena, tem amor e fé?
Outro universo que o homem chama
É mais humana do que o homem é.

Alguém já disse que a mulher é sema
Do grande poema que a leitura quer?

Alguém já disse tudo o que ela é?

Ela é parte, contrária, complexa
Constante, imersa na fecundidade
Porta a beleza que ao poeta inspira
No tempo estira a humanidade.

E vai além de cumprir sua parte
Transforma em arte o que arte não é
Lembra Anayde, Eva, Joana, Anita
Maria Bonita e de Nazaré.

Ela cheira as flores da natura
É criatura da divina fé
Onde ele gira todo o pensamento
E usa a força se falta talento
E acha justo dizer-lhe o que quer.

Aí, se ela for embora, um dia…
Desentranhar-lhe sua companhia
E a malvada solidão vier?…
Desnorteado sem o fio da volta
Nos labirintos da sua revolta
Sem ter mais força para estar em pé.

Mas, é feliz quem lhe dispensa calma
E abre o mundo com a chave d’alma
Um transita livre aonde o outro quer
Versos e flores ao invés de tapa
Não perde tempo conhecendo o mapa
Basta que sinta a alma da mulher.

Nélson Barbosa de Araújo é poeta popular. 08 de março de 2006
A MULHER*

A mulher é como a chuva
chega do céu com pureza
além de curar a vida
torna bela a natureza.

A mulher é como a lua
fase a fase se renova
clareando a parte escura
sem precisar dar prova.

A mulher é como o vento
que traz mensagens do além
revelando os mistérios
profundos que a vida tem.

A mulher é asa livre
que movimenta o ar
suavizando o calor
fazendo a alma voar.

A mulher é arco-íris
faz tempestade em neblina
ninguém não passa por baixo
ninguém não passa por cima.

A mulher é desafio
presente no dia-a-dia
no pensar grande ele faz
a vida ter alegria.

A mulher é um roçado
em terra fecunda e fina
quanto mais a gente colhe
mais a semente germina.

A mulher é uma luz
viva, densa, multicor
feita para iluminar
a quem precisa de amor.

A mulher é como o vinho
Feito da safra segura
Quanto mais o tempo passa
Mais o sabor se depura.

A mulher é um poema
Em verdadeiro progresso
Escrito por natureza
No caderno do universo.

 

João Pessoa, 08 de março de 2013.
Nélson Barbosa de Araújo
Autor

Comentários