Aliados de Lula avaliam que situação do petista piorou após delações

22 abr 2017

lula

A situação de Luiz Inácio Lula da Silva vem se agravando, principalmente após o depoimento do sócio da empreiteira OAS, Léo Pinheiro. Recentemente, o executivo revelou ao juiz Sergio Moro que o apartamento triplex no Guarujá foi comprado e reformado pela OAS, como vantagens indevidas concedidas ao petista.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, os aliados do ex-presidente Lula reconhecem que sua situação se agravou muito com o depoimento de Léo Pinheiro.

No entanto, eles avaliam que, juridicamente, não há base para que o petista seja preso neste momento.

Outro ponto no qual os petistas avaliam é o depoimento de Antonio Palocci. O ex-ministro teria deixado claro que pode levar a Lava Jato a outro patamar, mas os aliados de Lula esperam que Palocci esteja tentando negociar delação que não implique ainda mais a cúpula do partido.

Fonte: Notícias ao Minuto com Repórter PB

Comentários