Botafogo vence Flamengo por 2 a 0, estraga festa para Zico e avança à final da Taça GB

3 mar 2013

Botafogo vence Flamengo por 2 a 0, estraga festa para Zico e avança à final da Taça GB

A comemoração nas arquibancadas pelo aniversário de Zico, a melhor campanha na fase de classificação e a vantagem de jogar por um empate não foram suficientes para garantir ao Flamengo uma vaga na final da Taça Guanabara. O Botafogo ignorou o favoritismo rubro-negro, marcou um gol relâmpago com Júlio César e estragou a festa adversária com a vitória por 2 a 0 no clássico deste domingo, no Engenhão. Vitinho marcou o segundo já nos últimos minutos.

Com o triunfo, o time de General Severiano assegurou a vaga na decisão do próximo domingo, contra o Vasco, que se classificou após vencer o Fluminense no último sábado. Na final, mais uma vez o Botafogo não terá a vantagem do empate, já que o time de São Januário fez melhor campanha na primeira fase.

Em desvantagem no início da partida decisiva por conta da campanha inferior na competição, o Botafogo não quis saber de assumir um papel de coadjuvante na festa do Flamengo e logo surpreendeu o adversário. Com menos de 1min, Júlio César invadiu a área rubro-negra pela esquerda em diagonal e chutou forte no canto, sem chances de defesa para o goleiro Felipe, balançando as redes e abrindo o placar.

O gol acabou com a vantagem do Flamengo no início do jogo e desestabilizou a equipe da Gávea. O rubro-negro nem de longe lembrou o time que fez a melhor campanha da primeira fase. Sem inspiração no ataque durante todo o primeiro tempo, o time do técnico Dorival Júnior foi presa fácil para o Botafogo, que encaixou boa marcação e saiu rápido em contra-ataques.

Na volta do intervalo, o treinador do Flamengo tirou Elias e Carlos Eduardo e tentou dar mais velocidade ao time com as entradas de Renato Abreu e Rodolfo, respectivamente. As mudanças, porém, não surtiram o efeito esperado. Ainda desorganizado em campo, o Flamengo não conseguia assustar o Botafogo, e ainda se desesperava com o passar do tempo.

Na segunda metade da etapa final, o Flamengo passou a dominar as ações, enquanto abria espaço para o Botafogo contra atacar. Ambos os times, porém, não tinha tranquilidade para finalizar.

O clássico ficou aberto e ganhou emoção nos minutos finais. Aos 48min do segundo tempo, o goleiro Felipe mostrou todo o desespero do Flamengo e partiu para a área adversária buscando aproveitar uma jogada aérea. O efeito, porém, foi contrário. O Botafogo encaixou um contra-ataque e Vitinho tocou para o fundo das redes sem goleiro, sacramentando a vitória por 2 a 0 e garantindo a vaga do alvinegro na final.

Pedro Ivo Almeida
Do UOL, no Rio de Janeiro

Comentários