CAMPANHA PARALISADA: Roberto Paulino revela ‘boicote’ do MDB e interrompe campanha por 48 horas

11 set 2018

O candidato ao Senado da coligação ‘Porque o povo quer’, Roberto Paulino, suspendeu as atividades de campanha por 48 horas para cuidar de ‘questões burocráticas’ junto ao seu partido, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB). A informação foi confirmada pelo próprio candidato, na manhã desta terça-feira (11), à reportagem do Polêmica Paraíba.

A reportagem  mostrou, mais cedo, que Paulino ainda não recebeu verbas partidárias destinadas à sua candidatura. O motivo da suspensão da campanha, no entanto, também passa por outras questões. Roberto Paulino alegou que está sendo boicotado por integrantes do MDB.

‘Estão querendo me usar para ser um batedor de esteira para o MDB e para o PR. Estou sendo boicotado dentro do meu próprio partido. Peço desculpas aos meus amigos, mas tenho que cuidar de burocracias internas dentro do partido’, revelou.

Ainda à reportagem, Paulino disse acreditar na vitória de Zé Maranhão e que está feliz por isso, mas revelou descontentamento com o tratamento que vem recebendo do partido.  ‘Eu devo estar incomodando muita gente. Não entendo essas dificuldades burocráticas dentro do meu próprio partido’, pontuou.

Polêmica Paraíba

Comentários