Executiva do PT cria comissão pra enquadrar Agra: ´Vai se filiar ou não?´

9 abr 2013


Já foi dito aqui e alhures que é possível enganar muita gente por pouco tempo ou pouca gente por muito tempo. Mas é impossível enganar todo mundo por todo o tempo. Especialmente se “todo mundo” for um grupo de petistas.

Assim, o ex-prefeito Luciano Agra não tem mais como manter adiar decisão sobre filiação ao Partido dos Trabalhadores. Reunida na noite desta segunda-feira, a Executiva Estadual do PT decidiu criar uma comissão para enquadrar o ex-prefeito Luciano Agra.

Ela está encarregada de, definitivamente, abrir e fechar o diálogo com Agra sobre a filiação dele no PT. “O PT quer saber agora e não apenas no final do ano se Agra vai mesmo se filiar ao partido”, justificou um dos membros da Executiva.

A ideia é arrancar de Agra algo mais do que frases como “o futuro a Deus pertence”. A decisão foi tomada com voto do presidente do PT da Paraíba e secretário de Articulação Política de João Pessoa, Rodrigo Soares, ele próprio um dos que chegou a tentar garantir a filiação de Agra, mas que só ficou com promessas.

Para o PT, não dá mais pra ver Agra flertando com várias legendas, como é o caso do PV. O partido quer se preparar para a disputa majoritária de 2014 e já tem consciência de que só tem condições caso o ex-prefeito de João Pessoa se filie a legenda. “Caso contrário, não teremos candidatura própria ao governo”, destacou outro membro da Executiva.

Anísio Maia também será enquadrado, mas por causa de críticas a Dilma

Além da comissão “Filia Agra”, a Executiva também criou comissão para conter os ímpetos do deputado Anísio Maia, que já entrou em rota de colisão com a legenda quando do período de filiações. Agora, o PT tenta barrar as críticas do deputado petista ao governo Dilma. Anísio tem falado em “migalhas” do governo federal para a Paraíba. Se ele não se enquadrar, terá contra si uma Nota de Repúdio assinada pelo PT da Paraíba. “Está demais”, resumiu um petista que participou da reunião.

Luís Tôrres

Comentários