Gonzaga e seus seguidores no Sertão da Paraíba

8 abr 2013


Escreveu: Francisco Alves Cardoso – 08/04/2013

Com as dificuldades naturais próprias da cultura brasileira, o Parque Cultural “O Rei do Baião” funciona no eixo central do sertão paraibano, no histórico município de São João do Rio do Peixe, cumprindo três metas obrigatórias para qualquer instituição cultural: administrativa, artística e jurídica, com a finalidade específica de zelar pelo nome do Rei do Baião e seus seguidores.

O FESMUZA – Festival de Músicas Gonzagueanas é realizado a cada ano, em agosto, o mês da morte de Luiz Gonzaga, aparecendo como foco central dos acontecimentos do Parque.

No mesmo período acontece o CONPOZAGÃO – Concurso de Poesias em Homenagem ao Gonzagão e seus Seguidores, sendo que em 2013 a figura lembrada é o sanfoneiro Dominguinhos.

Juridicamente o Parque é mantido pelo Grupo União São Francisco, entidade comunitária legalmente constituída para organizar todos os acontecimentos da área. E conta com o apoio integral do “Caldeirão Político”, órgão de comunicação que está completando em 2013, trinta e sete anos de existência, com atuação em todo o Nordeste brasileiro.

Um dos primeiros blocos criados foi a Galeria “Azulão Santiago”, que relembra lideranças culturais, políticas e educacionais, de todo o sertão e outros centros nordestinos.

A Gruta das Saudades “Helena Gonzaga” construída de pedras fica ao lado direito da entrada do Parque. A Casa de Reboco relembrando a música de Gonzaga é um dos primeiros pontos de criatividade, localizado na Quadra “Antônio Alcindo”, local das realizações do FESMUZA.

A Capela de São Severino, padroeiro da comunidade, no centro, fica ladeada pelo busto do Padre Cícero Romão Batista e o Jardim das Meditações.

Já a Casa do Sanfoneiro “Seu Januário” é uma homenagem toda especial ao pai do Gonzagão, e nessa Casa funcionam dormitório e restaurante para atendimento aos artistas participantes do FESMUZA.

Um dos momentos marcantes da festa é a SANFONZAGADA, abertura oficial do festival, momento que todos os sanfoneiros e ritmistas executam a música homenageada do ano, para entusiasmo geral do público. Já foram homenageadas as seguintes músicas do Gonzagão nos cinco primeiros anos: 2008 – “Casa de Reboco”; 2009 – “Pássaro Carão”; 2010 – “Vovô Januário”; 2011 – “Asa Branca”; 2012 – “Noites Brasileiras”. E em 2013, a música da SANFONZAGADA será “Paulo Afonso”, portanto, o Estado homenageado em agosto próximo será a Bahia, com a Usina de Paulo Afonso.

No corrente ano teremos a 1ª MISSA DO VAQUEIRO, relembrando a homenagem prestada pelo Gonzagão ao seu seguidor, amigo e parente Raimundo Jacó. A festa fala também do saudoso vaqueiro da região, Luiz Peixoto da Silva.

Por ocasião da MISSA DO VAQUEIRO, teremos a Cavalgada saindo de várias localidades sertanejas até a Capela de São Severino, para a celebração da missa pelo Padre Fábio Mota, vigário da Paróquia da cidade de Jijoca de Jericoacoara, Estado do Ceará.

A Casa do Pensador é um dos marcos muito visitado pelos turistas, pois apresenta dados oficiais do fundador do Parque, em quadros e documentos históricos, numa das salas principais do centro cultural.

A Sala dos Colunistas do site www.caldeiraodochico.com.br faz justiça aos escritores de todo o Brasil que escrevem diariamente para o prestigiado veículo de comunicação.

Em agosto o Parque fará algumas inaugurações que homenageiam colaboradores da instituição: a Galeria dos Escritores Amigos do “Caldeirão Político” “Maria Alves Pereira”, organizada pelo professor Egnaldo Peixoto de Araújo, e a Sala dos Jornalistas “Doutor Arlan Rodrigues”.

Será implantado este ano o Quadro dos Sócios Beneméritos, e os escolhidos receberão quadros especiais de agradecimento pelo apoio constante.

Será lançado oficialmente o livro intitulado “O I CONPOZAGÃO”, no dia 24 de agosto, contendo quarenta e cinco poesias participantes do primeiro concurso lembrando o centenário de Luiz Gonzaga.

Existem no Parque, em recantos vários, bustos de personalidades dignas e admiradoras do Gonzagão como: o governador da Paraíba Ronaldo Cunha Lima, Professora Vilany Pereira, Monsenhor Luiz Gualberto de Andrade. E para as festas do corrente ano implantaremos bustos do ex-prefeito de São João do Rio do Peixe, José Alexandre Filho, do empresário José Nello Zerinho Rodrigues e do vaqueiro Luiz Peixoto.

O festival do Gonzagão é muito prestigiado, e aumenta essa participação a cada ano. Em 2012, o Júri do FESMUZA foi constituído pelos seguintes gonzagueanos: Juiz de Direito Onaldo Rocha Queiroga – João Pessoa; Professor Damião Ramos Cavalcanti – Presidente da Academia Paraibana de Letras; Médico Astênio Fernandes – João Pessoa; Advogado Carmil Vieira dos Santos – Maceió; e o professor Gilmar Marques – Secretário de Turismo da Prefeitura Municipal de Sousa.

Claro que o Gonzagão é o centro de todas as atenções, por isso o busto do nosso rei está localizado na Pracinha “Noites Brasileiras”, vista central da entrada do Parque, recebendo os seus seguidores e agradecendo a visita.

Seja bem vindo. A sua maior colaboração é a visita.

As comunicações devem ser feitas para os e-mails: chicocardoso.caldeirao@gmail.com, chicocardosocz@yahoo.com.br grupouniaosaofrancisco@bol.com.br,

Telefones (83) 3531-4429 / 9615-7942 / 9379-1893.

Acesse o site www.caldeiraodochico.com.br para ter todas as notícias do festival.

Comentários