Os Pingos Quentes das Últimas Horas

10 abr 2013

O ex-presidente Lula já avisou a todos os correligionários do PT: “A prioridade para as eleições de 2014 é a reeleição da presidenta Dilma”.

Pelas palavras de Lula fica bem claro, que a coligação no próximo pode ser com quem quer que seja, desde que a prioridade seja reeleger a atual presidente da República.

As grandes fontes políticas do Palácio do Planalto garantem que o ex-presidente Lula está lutando fortemente, junto ao diretório nacional do PMDB, para que o partido abra mão da vice-presidência para o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).

Lula deixa claro que não quer correr qualquer risco com a eleição de Dilma, e por isso pretendo unir PT, PMDB e PSB numa ampla coligação.

O projeto maior para essa coligação seria a candidatura do vice-presidente Michel Temer para governador de São Paulo, abrindo espaços para Eduardo Campos.

Depois que Lula elegeu Fernando Haddad para prefeito de São Paulo, que tinha apenas 3% da preferência popular quando foi lançado candidato, ninguém duvida mais da força política de Lula.

O deputado Wilson Braga tem dito abertamente que nunca deixou o governo de Ricardo Coutinho. Os comentários eram conversas fiadas dos seus adversários.

Braga continua firme e forte apoiando Coutinho, tanto na administração como na sua reeleição, em 2014.

O deputado Branco Mendes (DEM), também já está alinhado com o governador Ricardo Coutinho e não pretendo mais inventar qualquer briga com o governador.

O deputado Edmilson Soares (PSB), retornou ontem, 09, de “mala e cuia” para a coligação do governador Ricardo Coutinho, e não pretende mais sair de maneira nenhuma.

As últimas informações de João Pessoa garantem que o governador conta com vinte deputados na sua base de sustentação, com votos folgados para aprovar qualquer matéria.

Comentários