Parque Cultural lança concurso APOLOGIA AO JUMENTO; confira regulamento

7 mar 2017

I CONCURSO “APOLOGIA AO JUMENTO”
REGULAMENTO

I – Do Evento e seus Objetivos
Art. 1º – O Primeiro Concurso APOLOGIA AO JUMENTO, em homenagem ao famoso animal, descrito por Luiz Gonzaga como “nosso irmão”, é uma realização do Parque Cultural “O Rei do Baião”, da Fazenda São Francisco, município de São João do Rio do Peixe-PB, no dia 20 de agosto de 2017, na programação do X FESMUZA – Festival de Músicas Gonzagueanas.
Art. 2º – O Patrono do Concurso é o Dr. Antônio Pereira do Anjos.
Art. 3º – Poderão inscrever-se no Concurso APOLOGIA AO JUMENTO todos os admiradores desse tema e da vida e obra do Gonzagão, de todas as regiões de qualquer país, que concorrerão em absoluta igualdade de condições.
Art. 4º – Os textos devem ser exclusivos no idioma português, inéditos e originais.
Art. 5º – O Concurso APOLOGIA AO JUMENTO tem como objetivos:
a) – Homenagear o jumento, um animal muito defendido por Luiz Gonzaga, principalmente na música “O Jumento é Nosso Irmão”;
b) – Os textos terão obrigatoriamente que versar sobre o jumento, importante animal de montaria e carga, utilizado no Nordeste brasileiro e em várias outras regiões do Brasil e do mundo;

II – Das Inscrições
Art. 6º – As inscrições deverão ser feitas na Fazenda São Francisco, zona rural de São João do Rio do Peixe (PB), ou ainda no endereço: Rua Dr. José Guimarães Braga, 70, Vila do Bispo, Cajazeiras (PB), CEP – 58.900-000, pelos telefones: (83) 99615-7942 / (83) 99379-1893, pelos e-mails: chicocardoso.caldeirao@gmail.com e chicocardosocz@yahoo.com.br
a) Maiores informações no site: www.caldeiraodochico.com.br e no programa “Caldeirão Político”, na Rádio Oeste da Paraíba.
§ 1º – Serão aceitas inscrições por e-mail, pessoalmente ou via correio.
§ 2º – O período de inscrições será de 07 de março a 31 de julho de 2017.
Art. 7º – A formalização das inscrições se processará mediante a entrega dos textos digitados em espaço simples (Office Word), fonte Times New Roman 12 ou Arial 11, acompanhados da identificação do autor (nome, uma fotografia recente para fazer parte do mural dos inscritos, telefone de contato, endereço residencial completo, endereço eletrônico e breve currículo).
§ 1º – Na cópia do texto não deverá constar o nome do autor, apenas o nome da obra. A identificação completa deverá ser feita em folha à parte e anexada.
§ 2º – Cada escritor só poderá inscrever um texto, e o mesmo não poderá conter mais do que uma página.
Art. 8º – A Comissão Organizadora do Concurso não se obriga a devolver o material utilizado para as inscrições, ficando o mesmo na guarda da referida Comissão.
Art. 9º – O ato da inscrição implica, automaticamente, na aceitação integral por parte dos concorrentes dos termos deste Regulamento.

III – Do Julgamento
Art. 10º – O Julgamento dos textos será feito por uma comissão formada por três jurados de reconhecida experiência na cultura regional, no prazo de 15 (quinze) dias após o término das inscrições, sendo sua decisão soberana, não cabendo qualquer manifestação contrária.
Parágrafo Único – Em caso de empate entre os primeiros colocados o desempate se dará por decisão de três jurados, convocados extraordinariamente para esse fim.

IV – Da Premiação
Art. 11º – A premiação do Concurso APOLOGIA AO JUMENTO acontecerá no dia 20 de agosto de 2017, dentro da programação do X FESMUZA, na Fazenda São Francisco, São João do Rio do Peixe-PB – Parque Cultural “O Rei do Baião”.
Art. 12º – O Campeão receberá o Troféu “O JUMENTO É NOSSO IRMÃO” e Certificado Digital de Participação.
Art. 13º – Os demais inscritos receberão Certificado Digital de Participação.
Art. 14º – Os casos omissos a este regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

Fazenda São Francisco, março de 2017.

Francisco Alves Cardoso
Presidente do Parque Cultural “O Rei do Baião”

Francisco Álisson de Oliveira
Produtor Cultural

Comentários