PMDB lança chapa com Vital e Roberto Paulino

27 jun 2014

O PMDB da Paraíba lançou ontem uma chapa puro-sangue para concorrer às eleições para o governo do Estado. Os nomes escolhidos pelo partido foram do senador Vital do Rêgo Filho como candidato a governador e do ex-governador Roberto Paulino como candidato a vice-governador.

A vaga de senador não foi definida porque o PMDB ainda aposta na aliança com o PT e espera a indicação de Lucélio Cartaxo para compor a chapa.“Hoje nós estamos vivendo um dia memorável”, disse o senador Vital do Rêgo, para quem o palanque da presidente Dilma e do ex-presidente Lula na Paraíba é o palanque do PMDB.

Os peemedebistas tomaram a decisão após uma reunião durante toda a tarde de ontem na casa da prefeita de Patos, Francisca Motta, no Bairro dos Estados, em João Pessoa.

Estavam presentes o ex-governador José Maranhão, presidente do partido, o senador Vitalzinho, o ex-governador Roberto Paulino, os deputados estaduais Raniery Paulino, Gervásio Maia, Trocolli Junior e Olenka Maranhão, além dos deputados federais Manoel Junior e Hugo Motta.

Mesmo o PT tendo firmado na última quarta-feira uma aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB), os líderes do PMDB acreditam que, até as convenções, o quadro será mudado.

“Para nós do PMDB esse ato não foi um ato definitivo. Havia uma instabilidade na candidatura do PMDB, mas graças a Deus ao longo das últimas horas nós trabalhamos muito com a Executiva Nacional do partido e agora vamos na base do diálogo resolver as pendências que faltam e tentar construir uma chapa que, pra mim, é a chapa da presidente Dilma”, afirmou o senador Vital do Rêgo.

O ex-governador José Maranhão disse que o PMDB vai disputar o governo com a disposição de ganhar a eleição. “Nós não temos uma chapa experimental. Nós temos uma chapa definitiva. Quem não conhece Vitalzinho no corpo a corpo das ruas, nas campanhas memoráveis que já fez em Campina Grande? Quem não conhece mais ainda Vitalzinho o grande senador da República que tem trazido inúmeros benefícios para a Paraíba e sobretudo honra as tradições de todos os paraibanos que já ocuparam a cadeira que hoje é ocupada por ele no Senado da República?”, destacou.

Já o senador Vital do Rêgo disse que era um momento desafiador na sua vida a missão de substituir Veneziano no comando da chapa majoritária. “É pra mim, sem dúvida alguma, o mais importante evento de toda uma trajetória de 25 anos de atividade política ininterrupta”. Ele elogiou ainda a escolha de Roberto Paulino como seu companheiro de chapa.

“Imagine você ter um governador do tamanho de Roberto Paulino, da tradição de luta deste peemedebista, de serviços prestados à Paraíba, como meu companheiro para, a quatro mãos, darmos aos paraibanos o direito de escolha”.

Empolgado com a escolha do seu nome, Vital disse que Veneziano, que desistiu da candidatura, terá uma participação importante na campanha do PMDB. “Ele é meu líder, é meu amigo, é meu irmão, deu a sua parcela inaudita do seu gigantismo de nos últimos meses enfrentar todos os dissabores, mas se manteve firme. Eu dedico esse momento a ele, exatamente porque me permite estar aqui. Foi através de Veneziano que nós estamos aqui, firmes, fortes, aguerridos, com a bancada federal toda unida e com a bancada estadual toda unida para dizer que nós somos a verdadeira mudança para a Paraíba”.

Indicado como companheiro de chapa de Vital, o ex-governador Roberto Paulino disse que sempre defendeu a candidatura própria, porque essa era a vontade de todos os peemedebistas. “Essa fase crítica que nós passamos de turbulência serviu até para unir a família peemedebista. Eu recebi telefonemas, mensagens de pessoas que estavam longe de mim. Mas hoje eles estão querendo candidatura própria”, disse Paulino, que na eleição de 1998 foi companheiro de chapa de José Maranhão para o governo.

BANCADA APROVA CANDIDATURA PRÓPRIA

A bancada do PMDB (federal e estadual) apoiou a decisão do partido de lançar candidatura própria ao governo do Estado.

“Nós sempre defendemos a candidatura própria do partido. Não tenha dúvida de que Vital vem com ânimo, com disposição”, afirmou o deputado federal Manoel Júnior. Já o deputado federal Hugo Motta disse que o PMDB tomou a decisão que a Paraíba toda esperava. “Se Deus quiser iremos vencer as eleições porque sem dúvida alguma Vital é o melhor candidato”.

O deputado estadual Gervásio Maia lembrou as campanhas vitoriosas do PMDB ao governo e na prefeitura de Campina Grande. “Reconheço que nós estamos na terceira colocação, mas reconheço também que o PMDB tem um candidato que tem brilhado nacionalmente, que tem boas ideias, boas propostas e vai poder oferecer mais uma opção ao eleitor paraibano”.

RUI FALCÃO APOIA VITAL

Também ontem, após reunião da Executiva Nacional do PT, o presidente do partido, Rui Falcão reforçou, por cautela, a decisão para que o PT na Paraíba mantenha apoio à candidatura do senador Vital do Rêgo (PMDB) ao governo do Estado.

Apesar de reforçar a aliança entre PMDB e PT, Rui Falcão explicou que na Paraíba a Executiva Estadual do partido defende o apoio à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), desde que não seja aberto palanque para o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato à Presidência da República pelo PSB. “Nós estamos insistindo no apoio ao Vital do Rêgo”, afirmou Rui Falcão.

Apenas na Paraíba e em outros dois Estados (Amazonas e Rondônia), a Executiva Nacional do PT precisou ajustar a posição do partido para reforçar a aliança com o PMDB.

A deliberação da Executiva Nacional do PT ocorreu após Vital do Rêgo comunicar a decisão da Executiva Estadual do partido de se coligar com o PSB, o que seria incoerente com o projeto de reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Comentários